"Deus ande em tua frente para te conduzir, atrás de ti para te proteger e ao teu lado para te acompanhar!"


Você é o visitante de nº

Paróquia Ressurreição do Senhor

segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

FELIZ 2013!!!!!!!!!!



2013! O Novo Ano se aproxima de Paz e Amor. “Senhor, neste momento, diante de Ti, deixo de lado a festa para me aproximar de tua perfeição, de teu amor incondicional, da luz que ilumina todas os seres e coisas por ti criados. Peço humildemente que me concedas um Ano Novo cheio de paz, amor, harmonia, felicidade e prosperidade. Abre meus caminhos para que eu possa conquistar tudo que tenho planejado e mais do que isso, que eu possa estar Contigo em todos os momentos, pois quero que vivas em meu coração e que sejas o guia dos meus passos. Amém."

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

Feliz Natal!

Eis que uma Virgem conceberá e dará à luz um filho, a quem porá o nome de Emanuel (Deus conosco). Is.7,14.

 Em meio à secularização e à consequente perda do verdadeiro sentido das coisas, das pessoas e da vida, a Festa da Encarnação do Filho de Deus (sentido T e o l ó g i c o do Natal) também tem se esvaziado no decorrer dos anos, porque o que é supérfluo tem encantado mais nossos olhos do que aquilo que é invisível, e s p i r i t u a l , profundo e divino! Convido você, cristão católico, a resistir quando o Mercado Capitalista tentar dirigir seus olhares somente para o brilho das luzes natalinas, para os enfeites das casas, para as compras desenfreadas, para o Papai Noel que só aparece para ajudar uma vez por ano e, refletir sobre a Kennosis (esvaziamento da vontade própria) de Jesus! A Festa do Natal de Jesus é, sobretudo, a Celebração da Encarnação do Filho de Deus, do Emanuel (Deus conosco - Is. 7,14), do esvaziamento, aniquilamento total de Deus à nossa mísera condição humana (Fl.2). O Natal prega uma realidade ousada que jamais, em época alguma da vida humana, nenhuma Religião ou Filosofia, se propusera a afirmar sobre Deus: que Ele se encarnou e se fez um de nós, um ser humano frágil, padecente de dores e sofrimentos, mas também de alegrias e conquistas. Haverá motivo mais forte do que este para nos alegrarmos neste Tempo Litúrgico? Este motivo teológico é muito mais forte do que qualquer outro fator secundário que pode valorizar ou desfocar o verdadeiro sentido do Natal! Portanto, na Noite Feliz, não esqueçamos que Ele é Deus conosco! Que não estamos sós nesta Vida e que Ele chorou e sorriu como nós. Um Deus Menino! O mesmo Deus de olhar puro das crianças, de inocência e leveza. Um Deus ao qual Adélia Prado reza pedindo: “Meu Deus, me dá cinco anos, me dá a mão, me cura de ser grande...”. Eis que vos apresento: o Natal de Jesus!

sábado, 15 de dezembro de 2012

Auto de Natal

Amanhã, 16 de dezembro será apresentado na Igreja Matriz, um Auto de Natal. Coordenado pela Pastoral da Juventude, o Auto exortará a justiça, solidariedade e fraternidade para a vinda do Salvador, e Maria, como modelo de fidelidade para a Igreja e para a humanidade. Uma reflexão que preparará o nosso coração para a celebração do Natal.

Venha conferir!
Local: Igreja de Matriz
Hora: às 20h
ENTRADA 1K DE ALIMENTO .

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

O Natal está chegando!


Luzes coloridas, enfeites dourados e prateados, árvore de natal, presentes, Papai Noel! O rechonchudo Papai Noel é amado por crianças e adultos, com suas barbas e cabelos brancos, óculos redondos e um saco de presentes. O personagem do Papai Noel foi inspirado em São Nicolau, nascido no ano de 280 em Patara, atual Turquia. Ele costumava ajudar, anonimamente, quem estivesse com dificuldades financeiras. Bondoso e generoso. Nas várias histórias a seu respeito, São Nicolau sempre oferecia presentes aos pobres e salvava marinheiros vítimas de tempestades. As crianças passaram, então, a pedir presentes ao Papai Noel, com antecedência, para ganhá-los no Natal. Mas não nos esqueçamos do principal destaque da Festa Natalina: a presença de Jesus no Presépio com Maria, José. Ele é o Aniversariante que nos é apresentado diariamente para ser acolhido em nossos corações e imitado em nossas atitudes! Por isto, preparemo-nos ainda mais neste Tempo do Advento com a prática da Oração, Fé, Caridade, Amor ao próximo, Humildade - verdadeiros e permanentes presentes dos Cristãos que testemunham o amor de Jesus ao longo de suas vidas!

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Venha ser um colaborador de Deus!


Prezados seguidores e paroquiano da Ressurreição do Senhor, queremos  fazer um convite especial, você já ouviu o que Tiago no Capítulo 2 nos diz? Meus irmãos, que aproveita se alguém disser que tem fé, e não tiver as obras? Porventura a fé pode salvá-lo? E, se o irmão ou a irmã estiverem nus, e tiverem falta de mantimento quotidiano, e algum de vós lhes disser: Ide em paz, aqueceivos, e fartai-vos; e não lhes der as coisas necessárias para o corpo, que proveito virá daí? Assim também a fé, se não tiver as obras, é morta em si mesma... E cumpriu-se a Escritura, que diz: E creu Abraão em Deus, e foi-lhe isso imputado como justiça, e foi chamado o amigo de Deus (Gn15, 6). Vedes então que o homem é justificado pelas obras, e não somente pela fé. E de igual modo Raabe, a meretriz, não foi também justificada pelas obras, quando recolheu os emissários, e os despediu por outro caminho? Porque, assim como o corpo sem o espírito está morto, assim também a fé sem obras é morta. Então agora é sua vez de participar desta grande obra do Senhor! Na nossa paróquia temos várias pastorais, comunidades e grupos precisando de voluntários. Detalhes com os nossos padres, ou na secretaria da Matriz. Veja onde você poderá ajudar: 
Apostolado Mãe Rainha;
Apostolado da Oração;  
Associação de Leigos;  
Coral Santo Afonso;
Comunidade Coração de Maria; 
Comunidade Coração de Jesus; 
Comunidade Na Sra dos Navegantes 
Comunidade Na Sra Educadora 
Comunidade de São Lázaro 
Equipes de Nossa Senhora 
Encontro de Casais de 2ª União com o Bom Pastor  
Equipe de Eventos 
Encontro de Solteiros, separados, viúvos com Cristo – ESSV 
Grupo de Coroinhas Missionário Redentorista Leigo - MRL 
Ministério de Música
Ministério da Palavra 
Ministério da Eucaristia 
Pastorais: do Acolhimento,  do Batismo,  da Catequese,  da Comunicação,  do Dízimo,  da Educação,  Familiar,  da Criança, da Crisma,  da Integração,  da Juventude, da Pastoral Litúrgica,  da Pastoral da Pessoa Idosa,  da Pastoral da Saúde,  da Pastoral Social,  da Pastoral Vocacional,  da Pastoral Universitária, da Pastoral da Esperança, Oficinas de Oração e Vida,  Renovação Carismática Católica – RCC

Natal em Família

 
“Eles foram para lá apressadamente e encontraram Maria, José e o recém-nascido, deitado na manjedoura”. Lucas 2,16. Eis a família de Nazaré! É Natal! Celebração da luz onde o amor do Menino Jesus se torna criança! Que todas as famílias, assim como os Magos, corram apressadamente e sejam imitadoras da família de Nazaré, a fim de celebrarem em seus lares a Novena de Natal. O grande homenageado é Ele, Jesus, é o seu nascimento que celebramos. Considerando que a educação pela fé é dever da família, não percamos o foco do amor que Deus Pai instituiu a cada um de nós, doando seu Filho, nascido do ventre de Maria, para que sejamos pertença da alegria da Família de Nazaré. Faça com sua família, em seu prédio, ou na sua rua, a Novena de Natal! Agende... Programe-se para viver um Feliz e Santo Natal!

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Venha participar do momento de Adoração

 
Venha participar do momento de adoração, amanhã, 11 de dezembro, após a missa das 18h, na Igreja Matriz, teremos o Aprofundamento: Natal em Família, um momento de adoração ao Senhor Jesus, preparando nossa paróquia, e de modo especial, os nossos corações para o Natal. Convidamos os casais que participaram do ECC, Bom Pastor, ESSV, comunidades, jovens, crianças... A PARÓQUIA TODA! Vamos juntos nos preparar para esse

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Dízimo um exemplo de Fé

Amanhã, 7 de Dezembro, será celebrada missa em ação de graças pelo dizimistas da Paróquia de Ondina. O dízimo é experiência de fé que torna concreto e possível o sonho da fraternidade. Da consciência e prática do dizimista dependem o dinamismo e a vida da comunidade. É uma oferta espontânea, comunitária, alegre e generosa, consciente e sistemática. Não é uma taxa, tributo para alívio da consciência. Contribuindo com o dízimo, o cristão está sendo ajudado e ajudando a sua Igreja a ser mais missionária, testemunhando e expressando sua fé. 

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Natal Solidário

Neste Natal, faça uma família feliz doando alimentos não perecíveis ou brinquedos para o Natal solidário da Paróquia da Ressurreição do Senhor. A festa de doação para as famílias acontecerá no dia 15 de dezembro, na Igreja Matriz.

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Tome Nota

Hoje, 04 de Dezembro é o dia de Santa Bárbara.

Você Sabia...

… há diferença entre o Tempo do Advento e do Natal? Para a Igreja existem dois tempos: o do Advento e o do Natal. O calendário litúrgico da Igreja Católica, equivalente ao ano civil, começa com o Advento, em novembro. O tempo do Advento inicia quatro domingos antes do Natal e termina no dia 24 de dezembro com a comemoração do nascimento de Cristo. Já o Tempo do Natal vai da véspera do Natal até o primeiro domingo depois da Festa da Epifania.

 … o costume de dar e trocar presentes é o resultado de vários aspectos ligados ao nascimento de Jesus. Pelo Mistério da Encarnação, Deus se faz presente. Dar presente é uma forma de estar presente na vida do outro. Esse gesto evoca a presença dos Reis Magos junto a Jesus e a Sagrada Família, entregando presentes. O presente é uma lembrança, é lembrar-se do outro, mesmo quando é uma "lembrancinha"

. ... a compra de presentes, a mobilização do comércio com apelos ao consumo aliado à disponibilidade do 13º salário e vários outros mecanismos, deram um impulso consumista e nada cristão ao Tempo de Natal. … há simbolismo nas cores do Natal: O verde, o vermelho e o dourado são as cores dominantes no Natal.

O verde é símbolo primaveril de renovação, esperança e regeneração. O verde das plantas capta a energia solar e pelo processo de fotossíntese a transforma em energia vital. O vermelho está ligado ao fogo, redenção e ao amor divino. O dourado também é utilizado e está associado ao sol, luz, sabedoria e Reino vindouro. Para a tradição católica há uma relação entre essas três cores e os presentes dos Reis Magos: ouro (dourado), incenso (vermelho) e mirra (verde).

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

O Advento já era?


Há espaço para o Advento entre nós? O Natal, pelo menos este dos Shopping Centers, já começou há tempo. A ornamentação natalina das vitrines atrai os olhos dos que passam pelas ruas. A sonoridade do Jingle Bells invade os ouvidos. As árvores das ruas, das praças e dos condomínios estão cada vez mais iluminadas. Enfeites natalinos aparecem em nossos apartamentos. Eles querem invadir também antecipadamente as nossas igrejas e capelas! Até os presépios já estão prontos! Alguns insistem em começar a Novena Natal em Família já no início do Advento e em cantar Noite feliz nas celebrações da Novena, muito antes desta noite chegar! Para alguns, os cantos deste tempo parecem pouco alegres. Isto porque a lógica do mercado, do consumo e do alvoroço impõe suas, quase soberanas, regras. Assim, para muita gente o Natal chegou! Não se deram conta que comeram o bolo antes da festa! A Igreja, porém, insiste e convida a celebrar o tempo do Advento. Assim, como O Advento já era? todo o Ano Litúrgico, o tempo do Advento é um tempo profundamente simbólico. Ele faz parte do ciclo natalino, cujo centro, é a celebração do Natal. Ele o antecede. Ele o prepara. O Advento, com sua simplicidade, silêncio, a atenta escuta da Palavra e recolhimento, aponta para Aquele que foi anunciado, e com saudade esperado ao longo dos séculos. As velas da coroa do Advento e a simplicidade dos ornamentos apontam progressivamente para Aquele que veio, para iluminar a nossa vida (cf. Lc 1,78- 79). Os cantos com musicalidade própria, sem exuberância de ritmos e instrumentos conduzem a assembleia, para preparar a festa do Natal. Nela, a assembleia celebrante, unida ao coro dos anjos e dos santos, elevará a Deus os seus louvores: “Glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens por ele amados” (Lc 2,14). Agora, sim! Depois de séculos de espera simbolizados nas quatro semanas do Advento poderemos aclamar: Noite feliz! Feliz Natal! 

Pe. Cristóvão Dworak, CSsR

sábado, 1 de dezembro de 2012

Tome Nota


Amanhã será a Primeira Eucaristia das crianças da comunidade Coração de Jesus.

Investidura de Novos Ministros


Amanhã na missa das 19h, acontecerá na Matriz a Investidura dos novos Ministros Extraordinários da Sagrada Comunhão. Será um dia de agradecimento e todos os membros deste ministério estarão presentes nesta celebração.

Vem Senhor Jesus!

 Queridos irmãos amigos da Paróquia da Ressurreição do Senhor! Estamos entrando num tempo muito especial da nossa Igreja: o Advento. Esse tempo tem como objetivo: preparar cada um de nós; a comunidade paroquial; a Igreja e a humanidade toda para o nascimento do Menino Jesus. O Advento é tempo oportuno para como filho(a) de Deus olhar a minha vida, a minha convivência com Ele e com o irmão que está ao meu lado. O Advento tem que conduzir o meu coração para Belém, para a gruta onde Jesus nasceu. Passar por uma experiência pessoal com Ele, experimentar “Deus conosco”! Nesse tempo preciso transformar meu coração em “manjedoura” para dignamente acolher nele o Menino Jesus. E, depois do Advento, somos convidados a celebrar o Natal juntos, como uma família, começando pelo próprio lar, nossa comunidade paroquial e a Igreja. Olhando a nossa realidade de consumo, do comércio, das propagandas, do “Papai Noel”, nos questionamos: qual é o verdadeiro sentido do Natal? É só dar presentes? Arrumar a casa com árvore enfeitada? Fazer compras e preparar a ceia? Celebrar o Natal é muito mais do que o mundo nos oferece nessa ocasião. Celebrar o Natal é acolher o Menino Jesus dentro de mim, na minha casa, na minha comunidade como “Deus conosco” com todas as consequências. E, por causa desse Amor recebido na Noite de Natal, colocar a fé em obras: amando cada pessoa e todas as pessoas, promovendo a dignidade e a vida plena. Celebrar o Natal é receber a luz que irradia da gruta de Belém e transmitir essa luz para os outros que encontro no dia a dia. É olhar para as tantas luzes que embelezam praças, igrejas e casas e me tornar uma delas. É olhar para o presépio, deixar-me envolver com a luz que é Jesus e proclamar junto com os Anjos: “Glória a Deus no mais alto dos céus e paz na terra aos homens de boa vontade...”. Este é o verdadeiro sentido do Natal! O Menino na manjedoura, em toda sua simplicidade, é o nosso Salvador. Ele assumiu a nossa humanidade, fez-se um de nós para nos salvar do pecado e da morte! Em nome dos Missionários Redentoristas desejo a vocês meus paroquianos, seus familiares e amigos, um Santo e Feliz Natal!

 Pe. Cristóvão Przychocki, Missionário Redentorista

sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Rotaract Club Bahia Norte

O Rotaract Club Bahia Norte promoveu no Parque da Cidade, em 25/11/2012, o III Rotalight, caminhada reunindo rotarianos e rotaractianos dos clubes de Salvador e Lauro de Freitas, além de familiares e amigos. No início do evento, os animados participantes fizeram alongamento com o acompanhamento de profissionais. Em seguida, mostraram bastante disposição caminhando pelo agradável parque. Ao final do percurso, após novo alongamento, todos participaram de um delicioso e saudável café da manhã com música ao vivo (voz e violão). Todo o lucro obtido no evento será investido nos projetos do clube. Agradecemos a participação e a colaboração de todos, aos patrocinadores – CEJUS, Ético Imóveis, Borja Imobiliária, Tutti Bijoux e Tutti Presentes -, aos apoiadores – qi9 COMUNICAÇÃO e os professores de Educação Física Magno Ouro Preto e Wagner Albuquerque -, e desde já fica o convite para o IV Rotalight, que será realizado em 2013!

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Hoje é Festa de São Benedito


A Igreja celebra hoje o dia São Benedito. Todos estão convidados para a comemoração que inicia com a alvorada a partir das 05h e em seguida, às 06h,  a oração do Terço. As missas serão celebradas às 07h, 09h, 16h e 18h no Santuário de São Lázaro. Participe!

domingo, 25 de novembro de 2012

Festa de Cristo Rei


Celebramos Cristo que é o Rei do universo. Reino da verdade e da vida, da justiça, do amor e da paz. Esta festa foi estabelecida pelo Papa Pio XI em 11 de março 1925 e este ano é celebrada hoje, 25 de novembro. O ano litúrgico termina com esta festa que salienta a importância de Cristo como centro da história universal. É o alfa e o ômega, o princípio e o fim. Cristo reina nas pessoas com a mensagem de amor, justiça e serviço. O Reino de Cristo é eterno e universal, quer dizer, para sempre e para todos os homens. Na festa de Rei de Cristo celebramos que Cristo pode começar a reinar em nossos corações no momento em que nós permitimos isto a Ele. Desta forma estabelecemos o Reino de Deus de agora em diante em nós mesmos e em nossas casas, emprego e vida. Para que Jesus reine em nossa vida, devemos em primeiro lugar c o n h e c ê - L o . A leitura e reflexão do Evangelho, a oração pessoal e os sacramentos são estes meios, e as graças recebidas vão abrindo os nossos corações ao Seu amor.

sábado, 24 de novembro de 2012

Assembleia Paroquial



A Assembleia Paroquial está sendo realizada entre hoje e amanhã, 24 e 25 de novembro, no Centro de Encontros das Irmãs Mercedárias do Brasil, no Rio Vermelho, com a  participação dos padres, diácono, de todos os líderes e integrantes dos Grupos da Paróquia para um momento de espiritualidade, avaliação das atividades deste ano e planejamento do próximo ano. Na última reunião do Conselho Pastoral Paroquial (CPP) foi distribuído o questionário com orientações para elaboração do relatório. Deve ser respondido em reunião com os integrantes de cada Grupo considerando o “Ver e Avaliar 2012” e “Planejar 2013”. As principais datas para 2013 serão consolidadas na Assembleia e farão parte do Calendário Paroquial 2013. É necessário que todos os Grupos apresentem os seus relatórios até o dia 05.11, próxima reunião do CPP. Vamos construir, unidos com Cristo, uma Igreja forte e atuante!

terça-feira, 20 de novembro de 2012

Aviso importante!

Amanhã, 21/11, na missa da Novena de N Sra do Perpétuo Socorro, as lideranças da nossa Paróquia que fizeram o Curso de Capacitação promovido pela Pastoral da Criança da Arquidiocese de SSA, receberão o Envio.

domingo, 18 de novembro de 2012

Conhecendo mais o Concílio Vaticano II


A Sagrada Liturgia e a Formação -  PARTE FINAL


Há poucos dias realizamos na nossa Paróquia o curso de Formação Litúrgico Musical, refletindo sobre a teologia, ritualidade, espiritualidade e canto no Advento e no Natal. O que este curso tem a ver com o Concílio Vaticano II do qual tratamos neste espaço? O Concílio Vaticano II refletiu muito sobre a Sagrada Liturgia. Era desejo do Papa João XXIII, que o convocou, proporcionar à Igreja também a renovação da Liturgia. Este desejo apareceu nas primeiras afirmações da constituição Sacrosanctum concilium (SC), sobre a Sagrada Liturgia, promulgada no dia 04 de dezembro de 1963, pelo seu sucessor, o Papa Paulo VI. Segundo a Sacrosanctum concilium, o Concílio propõe “fomentar cada vez mais a vida cristã”, adaptando-a às necessidades do tempo presente (SC, 1). Assim, a Igreja é chamada, em Cristo, a ser um sinal de esperança para os povos e nações. Para isso, o Concílio sentiu a necessidade de cuidar, de modo especial da reforma e do incremento da Liturgia. Isto, porque “a Liturgia é o cume para o qual tende Conhecendo mais o Concílio Vaticano II a ação da Igreja e, a fonte donde emana toda a sua força” (SC, 10). E para que a Liturgia torne-se de fato, a primeira e necessária fonte da qual os fiéis haurem o espírito verdadeiramente cristão, e para que os fiéis participem dela de maneira plena, consciente e ativa, torna-se necessária a formação litúrgica permanente de padres, de seminaristas de religiosos e religiosas, e de todo o povo de Deus. Sem esta formação, afirmava o Concílio, tal reforma dificilmente aconteceria (SC, 14). Hoje, decorridos 50 anos daquelas afirmações, sentimos a urgência da formação litúrgica em todos os níveis. O Papa Bento XVI, na Exortação Apostólica Sacramentum caritatis sobre a Eucaristia, fonte e ápice da vida e da missão da Igreja afirma que, neste processo de formação uma condição necessária não é só dispor de formadores adequadamente preparados, mas que todo o povo de Deus sintase comprometido nessa formação (cf. n. 64). Deixo como sugestão ser este um dos objetivos para o novo plano pastoral paroquial.

Pe. Cristóvão Dworak, CSsR

sábado, 17 de novembro de 2012

Tome Nota:

Encontro do Crismandos, amanhã 18/11/12.

Parabéns, Pe. Adão!!!!!!!


O aniversariante de hoje é o nosso querido padre Adão Mazur. Como chegou recentemente da Polônia, sua terra natal, onde estava de licença por alguns meses, aproveitamos para parabenizá-lo também pelos 25 anos de sacerdócio completados no dia 31 de maio passado. Padre Adão, que é membro da Congregação do Santíssimo Redentor da vice-província da Bahia, é bem conhecido em nossa comunidade, pois tem sido vigário várias vezes e atuado muito nas missões, paróquias e santuários da vice-província. Parabéns e felicidades padre Adão, por essas duas datas especiais em sua vida, e pelo caminho percorrido ao longo de 25 anos dedicados ao sacerdócio missionário, servindo com simplicidade, amor e fidelidade a Jesus, à Igreja e ao povo de Deus.

O amor está no ar



Mais uma vez, a Paróquia da Ressurreição realiza o Casamento Comunitário. Acontece hoje, a partir  das 20h  na Igreja Matriz. Este ano serão 06 casais que receberão as bênçãos sagradas. Você é nosso convidado.

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

A Proclamação da República


A república é uma forma de governo que tem como objetivo principal atender aos interesses dos cidadãos. Neste regime é o povo que elege seu governante, portanto é um regime mais democrático e é este regime que vigora no Brasil atualmente. Mas... Nem sempre foi assim, pois entre 1822 e 1889 era o regime monárquico que vigorava em nosso país e ao longo desse período tivemos dois imperadores: D. Pedro I e D. Pedro II. Proclamada em 15 de novembro de 1889, no Rio de Janeiro, numa iniciativa político-militar liderada por Deodoro da Fonseca, Floriano Peixoto e outros civis de destaque como Ruy Barbosa. A monarquia feneceu para dar lugar ao novo regime. A atual República está baseada nos três poderes: Executivo, Legislativo e Judiciário, cujo sucesso depende da harmonia e independência dos mesmos. Quando isso não ocorre, a crise se instala.

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Vinde a mim, mas bem comportados! (parte I)



Uma editora italiana lançou um livro com normas de comportamento para os fiéis: “Um pouco de etiqueta não faz mal”. São orientações para os que forem participar de atos religiosos. Dessas orientações, escolho algumas. Os comentários são meus.
   1ª) “Cuide da casa de Deus como se ela fosse a sua casa.” Nossas igrejas são construídas com a colaboração de toda a comunidade. Quem já participou de uma comissão de construção sabe quanto sacrifício é necessário até se chegar à sua inauguração. Por isso, cuidar do que foi conseguido com muito trabalho é um respeito para com os que colaboraram, além, é claro, de ser uma demonstração de atenção para com uma obra que passou a ser consagrada ao Senhor.

  2ª) “Quando entrar numa igreja, cumprimente o dono da casa.” A casa do Senhor é uma casa de oração. Não entramos nela para nos desligar das preocupações do mundo; entramos ali para levar ao Senhor nossas preocupações e colocá-las em suas mãos; entramos para louvá-lo e agradecer-lhe os dons recebidos; ou, humildemente, para pedirmos seu perdão por nossas infidelidades. Na igreja, o Senhor deve ser o centro de nossas atenções.
  3ª) “Vista-se com decência, quando participar de uma cerimônia religiosa.” Deveria ser óbvio, mas para algumas pessoas não o é: nem toda roupa é adequada para qualquer lugar. Ninguém vai à praia de “smoking” nem ao cinema em trajes de banho. Há roupas que podem ser adequadas para uma festa de aniversário, mas não servem para se ir a um velório. Um pouco de bom senso (e de respeito!) não faria nada mal, quando se trata de pensar na roupa a ser usada em uma celebração religiosa – em casamentos, inclusive! 
  4ª) “Procure chegar na hora certa!” Normalmente, as celebrações começam na hora marcada. Esse “normalmente” vai por conta dos casamentos, cujos horários acabam dependendo das noivas (leia-se: cabeleireiras, arrumadeiras etc.). Para uma boa participação, é importante a concentração. Chegar antes é garantir a possibilidade de um tempo para a oração pessoal. Nesse ponto, um pouco de organização da própria vida só trará benefícios para a fé.
   5ª) “Participe ativamente de todo o ato religioso.” As celebrações são expressões da oração comunitária. Jesus nos garantiu sua presença quando duas ou três pessoas se reunirem em seu nome (cf. Mt 18,20). Imagine-se a força de sua presença quando formos quinhentos, mil ou dois mil. Por isso, é importante nossa expressão de unidade com todos os que estão ali conosco, naquele momento de prece. 

 Dom Murilo S.R. Krieger, scj

Natal Solidário


domingo, 11 de novembro de 2012

Falta pouco para termos nosso elevador!




O elevador já está comprado, e em fase de elaboração dos projetos para sua instalação – arquitetônico e elétrico. Na fase de execução, os custos podem chegar a R$ 60.000,00. Hoje, na conta do elevador, temos um pouco mais de R$40.000,00 depositados. 

Para a instalação, está sendo levado em consideração o acesso nos vários pavimentos, o Projeto Elétrico deverá ser elaborado em dezembro a partir de um prévio cadastramento, minucioso e detalhado, de toda a instalação existente. 

A conta exclusiva para ajuda dos paroquianos é: Banco do Brasil Agência 34622 conta corrente 11.322-0. Você também pode doar diretamente na Igreja através dos envelopes que estão sendo entregues na secretaria da Paróquia. Que o Cristo ressuscitado lhe cubra de graças!

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Encontro para Noivos

O último Encontro para Noivos deste ano será no dia 11 de novembro, na Matriz, das 08h às 17h. Inscrições na Secretaria (71.3235-5614).


No mês de outubro, Padre Cristóvão coordenou Manhã de Aprofundamento para os casais que participam da Equipe Enamorados. O objetivo foi refletir sobre os temas dos Encontros para Noivos à luz da Palavra de Deus, houve troca de experiências e testemunhos. A Equipe se confraternizou na parte da tarde.

terça-feira, 6 de novembro de 2012

Último Bazar e Brechó de 2012!

Brechó do dia 04/08/12.
A Pastoral Social promoverá o último brechó com bazar de 2012,no dia 10 de novembro, das 09 às 16 horas, na Paróquia da Ressurreição do Senhor - Ondina. 

Colaborem, doando e /ou comprando roupas, sapatos e acessórios em bom estado de conservação. 
Local de entrega: Secretaria da igreja, no horário do expediente.

Tome Nota - Novembro 2012


Curso sobre o Evangelho de São João

Acontece hoje em Nossa Paróquia Curso do Evangelho de São João, na Igreja Matriz. 

Maiores informações na secretaria da paróquia ou através do telefone: 3235-5614

Editorial - O pároco com a palavra!

Terminou o mês de outubro, que na Igreja é tido como o mês dedicado às missões. Deste modo o nosso olhar e as nossas orações foram voltados para todos os missionários e missionárias, que levam a palavra de Deus às pessoas! Vivemos momentos fortes como, por exemplo, a abertura do Ano de Fé, realizada pelo Papa Bento XVI! 

Chegamos ao mês de novembro celebrando o dia de Finados. Nesse dia os nossos pensamentos se voltam às pessoas que partiram para outra vida, que não se encontram mais no meio de nós, mas que acreditamos, estão diante do Senhor! O momento da morte não é fácil. É um momento doloroso e triste, pois parte alguém amado e importante em nossa vida! Por isso, nesse momento, nós vivos, precisamos ter fé em Jesus Cristo e renovar a nossa crença na ressurreição do nosso Mestre, e na nossa ressurreição, pois Ele afirmou: Eu sou a ressurreição e a vida: Quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá! (João 11, 25). 

Neste dia, devemos rever o nosso jeito de amar nossos familiares, amigos e pessoas que estão ao nosso lado, pois a vida é curta. Por isso, devemos aproveitar o tempo que Deus está dando a cada um de nós. E se amamos de verdade, no momento da morte de alguém amado, poderemos ter a certeza que “Aqueles que amamos nunca morrem, apenas partem antes de nós”

Com abraço fraterno,

Pe. Cristóvão Przychocki  -  Missionário Redentorista.

sexta-feira, 2 de novembro de 2012

Você sabia que ...

... em todo o mundo, a Igreja Católica celebra o Dia de Finados em 2 de novembro. Nessa data, missas são celebradas em cemitérios e nas paróquias, especialmente na intenção dos falecidos.

 ... participar desta celebração é um ato de gratidão, caridade e uma consequência da fé. Este é um dia em que nós nos lembramos daqueles que estão na presença de Deus. Para nós, que temos fé, a morte não tem a palavra final. A palavra final pertence à vida, porque o Senhor ressuscitou.

 ... aos que visitam o cemitério e rezam pelos mortos, a Igreja concede indulgência plenária. Uma vez que os fiéis defuntos, em vias de purificação, também são membros da mesma comunhão dos santos, nós podemos ajudá-los, entre outros modos, obtendo para eles indulgências, de modo que sejam libertos das penas temporais devidas por seus pecados.

... da mesma maneira que os familiares costumam, em datas especiais, lembrar e orar pelos seus mortos, a Igreja, que acredita na comunhão dos santos, não se esgota na realidade daqueles que caminham neste mundo, mas se estende àqueles que estão na casa do Pai. O corpo de Cristo é a Igreja, não somente constituída da Igreja militante, que são os que caminham, mas também da Igreja triunfante, que insere os que estão no céu, e da Igreja padecente, que se constitui dos que ainda aguardam a manifestação gloriosa do Senhor.

 ... no Dia de Finados, a liturgia indica o uso de paramentos de cor preta ou roxa e pede sobriedade na ornamentação e nos cantos. ... o costume de orar pelos mortos é uma realidade desde os primeiros tempos do Cristianismo e foi conservado pelas comunidades cristãs. A criação da data deve-se a Santo Odilon, ele sugeriu que, do mesmo modo que havia um dia para a celebração de Todos os Santos, devia também haver um dia dedicado à celebração de todos os fiéis falecidos.

Saudades sim! Tristeza, não!

Esperança da feliz ressurreição! 

                                                                                                          Pe. Aloisio Mota CSsR 



A cada ano, iniciando o mês de Novembro, a Igreja nos convida a celebrar o Dia Finados. Esta celebração envolve os mistérios da vida humana: solidão, morte, saudade, esperança... Vida eterna. Elementos esses que, tornam-se mistérios de fé em nossa existência. 

Vale recordar que o mistério não é uma espécie de segredo a ser desvendado, decifrado e muito menos demonstrado. Não! O mistério da morte é pra ser aceito, no vazio e na solidão mais profunda do ser humano, por mais difícil que seja. É mistério! 

A morte exige respeito, reverência, mas não devemos nos curvar diante dela. Estamos perante um inimigo vencido pelo Sangue do Cordeiro (ICor. 15,26). É mistério a ser contemplado e celebrado... 

A fé cristã nos ensina que este antigo inimigo (a morte) não é o fim de tudo (Jo. 11,25). Jesus é a nossa Vida (Jo. 14,6) e temos n’Ele a força que precisamos para chorar nossas perdas sem querê-las de volta, aceitando o sofrimento com fé e esperança, uma vez que este é parte constitutiva de nossa vida humana, onde nem mesmo o Filho de Deus foi privado. Afinal, Jesus sabe o que é perder um amigo, Ele sofreu e chorou a morte de Lázaro (Jo. 11,35). 

Deste modo, celebrar a Eucaristia pelos mortos é celebrar a Esperança, já que Deus é Senhor dos vivos e dos mortos (Rm. 14,9) e com a morte, a vida não nos é tirada, mas transformada. Continuamos vivos, pra Deus! 

Desejamos profundamente, que a celebração de Finados nos ajude a valorizar cada vez mais a vida, e não encarar a morte como o fim, negando assim a nossa fé na Ressurreição. Que nos ajude aceitar a morte como ela é: sem explicações, sem demonstrações, sem porquês! Apenas com os olhos da fé porque “coisas que os olhos humanos jamais viram, os ouvidos jamais ouviram e o coração humano jamais sentiu..., é isso o que Deus tem preparado para aqueles que O amam”. ( ICor. 2,9).

quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Dia de todos os Santos

No dia 01 de novembro, a Igreja celebra a santidade de todos os Santos. 


 "Todos os fiéis cristãos, de qualquer estado ou ordem, são chamados à plenitude da vida cristã e à perfeição da caridade. Todos são chamados à santidade: 'Deveis ser perfeitos como o vosso Pai celeste é perfeito' "(Mt 5,48) (CIC 2013). 

Desde os primeiros séculos os cristãos praticam o culto dos santos, a começar pelos mártires, por isto hoje vivemos esta Tradição, na qual nossa Mãe Igreja convida-nos a contemplarmos os nossos "heróis" da fé, esperança e caridade. Na verdade é um convite a olharmos para o Alto, pois neste mundo escurecido pelo pecado, brilham no Céu com a luz do triunfo e esperança daqueles que viveram e morreram em Cristo, por Cristo e com Cristo, formando uma "constelação", já que São João viu: "Era uma imensa multidão, que ninguém podia contar, de todas as nações, tribos, povos e línguas" (Ap 7,9). 

Todos estes combatentes de Deus, merecem nossa imitação, pois foram adolescentes, jovens, homens casados, mães de família, operários, empregados, patrões, sacerdotes, pobres mendigos, profissionais, militares ou religiosos que se tornaram um sinal do que o Espírito Santo pode fazer num ser humano que se decide a viver o Evangelho que atua na Igreja e na sociedade. 

Portanto, a vida destes acabaram virando proposta para nós, uma vez que passaram fome, apelos carnais, perseguições, alegrias, situações de pecado, profundos arrependimentos, sede, doenças, sofrimentos por calúnia, ódio, falta de amor e injustiças; tudo isto, e mais o que constituem o cotidiano dos seguidores de Cristo que enfrentam os embates da vida sem perderem o entusiasmo pela Pátria definitiva. 

Neste dia a Mãe Igreja faz este apelo a todos nós, seus filhos: "O apelo à plenitude da vida cristã e à perfeição da caridade se dirige a todos os fiéis cristãos." "A perfeição cristã só tem um limite: ser ilimitada" (CIC 2028). Todos os santos de Deus, rogai por nós!

Fonte: Canção Nova

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Bingo da Amizade - Pastoral da Crisma

A Pastoral da Crisma espera por você no Bingo da Amizade! vai acontecer neste sábado, 20 de outubro, às 15h, no auditório da Igreja Matriz.

Não perca: bicicleta, faqueiro inox 24 peças, liquidificador, ferro elétrico e muito mais! O valor da cartela é só R$3,00.

Bingo da Amizade... Muitos prêmios, muita diversão e fraternidade!


Contamos com sua presença!

Curso de Avivamento e Formação

O Apostolado da Oração convida para Avivamento no dia 18/10, das 19h30 às 21h, na Matriz, com o tema: Oferecimento Diário e Orientações atuais propostas ao Apostolado da Oração.

Aniversário do nosso pároco

Padre Cristovão na Missa festiva de 18 anos da Comunidade Coração de Maria
Há 33 anos, na cidade de Stary Sacz, região sul da Polônia, no dia 17 de outubro, nascia o menino Cristóvão Przychocki, que hoje é o nosso jovem Pastor. Cristóvão, filho de João e Maria, tem três irmãos e duas irmãs, cresceu numa família cristã, bem estruturada, formou-se em técnico de Gastronomia, trabalhou em restaurantes na Polônia e na Alemanha. Como faltava algo em seu coração, atendeu ao chamado de Jesus e ingressou na Congregação do Santíssimo Redentor, no ano de 2000. 

Iniciou seus estudos na Polônia. Em 2007 tornou-se diácono na Vice-Província da Bahia, e em 2008 foi ordenado sacerdote na Polônia. Foi vigário em nossa paróquia por breve tempo, seguiu para a Equipe Missionária, serviu em Itabuna e retornou em fevereiro deste ano como nosso pároco. 

Padre Cristóvão é um belo exemplo de sacerdócio missionário, servindo com simplicidade e amor a Jesus, à Sua Igreja e ao povo de Deus. Parabéns e felicidades Padre Cristóvão!

terça-feira, 16 de outubro de 2012

16 de outubro - Dia de São Geraldo

São Geraldo Maria Majela nasceu em Muro, na Itália, em 1726, de pais pobres e fervorosos cristãos. Aos 22 anos entrou como Irmão Leigo na Congregação do Santíssimo Redentor, fundada por Santo Afonso Maria de Ligório, onde desempenhou os ofícios humildes de alfaiate, jardineiro, sacristão, porteiro e enfermeiro, dando sempre em tudo provas das virtudes mais eminentes. 



No dia 16 de outubro de 1755, com 29 anos teve a morte tranquila dos Santos. São Geraldo é protetor das crianças enfermas e das mães ao darem a luz. Sua canonização foi em 1904 pelo Papa Pio X. Hoje temos seminários com o nome de São Geraldo em Pituaçu, Salvador, responsáveis os padres Redentorista da Bahia. 

Saiba mais da história de vida de São Geraldo na missa das 18h, hoje, na Igreja Matriz!

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

15 de outubro - Dia de Santa Teresa Ávila


Santa Teresa d'Ávila Santa Teresa d'Ávila nasceu em Ávila, no dia 28 de março de 1515. Foi educada com exemplos e princípios cristãos. Aos sete anos, tentou fugir de casa e peregrinar ao Oriente para ser martirizada pelos mouros, mas foi impedida pelos parentes. Aos doze anos, perdeu a mãe e assumiu Nossa Senhora como sua mãe adotiva. 

Mas a adolescência a trouxe sérios problemas, tornando-se uma grande preocupação para seu pai, que a internou, quando completou 16 anos, no colégio das agostinianas em Ávila. Mas uma doença grave a fez voltar para receber tratamento na casa de seu pai, o qual se culpou pelo acontecido. Já em casa, Tereza passou por experiências espirituais místicas, de visões e conversas com Deus. Todavia as tentações mundanas não a abandonavam. Assim atormentada, desejando seguir com segurança o caminho de Cristo, em 1535, já com vinte anos, decidiu tornar-se religiosa, mas foi impedida pelo pai. Resolveu então fugir para o Convento carmelita da Encarnação de Ávila. 

Um ano depois, contraiu outra doença grave, quase fatal, e novamente teve visões e conversas com o Pai. Teresa, então, concluiu que devia converter-se de verdade e empregou todas as forças do coração em sua definitiva vivência da religião, no Carmelo, tomando o nome de Teresa de Jesus. Se converteu aos trinta e nove anos, quando teve a visão do lugar que a esperaria no inferno se não tivesse abandonado suas vaidades. Iniciou, então, o seu grande trabalho de reformista. Pequena e sempre adoentada, ninguém entendia como conseguia subir e descer montanhas, deslocar-se pelos caminhos mais ermos e inacessíveis, de convento em convento, por toda a Espanha. 

Em 1560, teve a inspiração de um novo Carmelo, onde se vivesse sob as Regras originais. Dois anos depois, fundou o primeiro Convento das Carmelitas Descalças da Regra Primitiva de São José em Ávila, onde foi morar. Porém, em 1576, enfrentou dificuldades muito sérias dentro da Ordem. Por causa da rigidez das normas que fez voltar nos conventos, as comunidades se rebelaram junto ao novo geral da Ordem, que também não concordava muito com tudo aquilo. Por isso ele a afastou. Teresa recolheu-se em um dos conventos e acreditou que sua obra não teria continuidade. Mas obteve o apoio do rei Felipe II e conseguiu dar seqüência ao seu trabalho. Em 1580, o papa Gregório XIII declarou autônoma a província carmelitana descalça. 

Na sua época, toda a cidade de Ávila sabia das suas visões e diálogos com Deus. Para obter ajuda, na ânsia de entender e conciliar seus dons de espiritualidade e as insistentes tentações, ela mesma expôs os fatos para muitos leigos e não apenas aos seus confessores. E ela só seguiu numa rota segura porque foi devidamente orientada pelos últimos, que eram os agora santos Francisco Bórgia e Pedro de Alcântara, que perceberam os sinais da ação de Deus. A pedido de seus superiores, registrou toda a sua vida atribulada de tentações e espiritualidade mística em livros como "O caminho da perfeição", "As moradas", "A autobiografia" e outros. Neles, ela própria narra como um anjo transpassou seu coração com uma seta de fogo. 

Doente, morreu no dia 4 de outubro de 1582, aos sessenta e sete anos, no Convento de Alba de Torres, Espanha. Na ocasião, tinha reformado dezenas de conventos e fundado mais trinta e dois, de carmelitas descalças, sendo dezessete femininos e quinze masculinos. Beatificada em 1614, foi canonizada em 1622. A comemoração da festa da transverberação do coração de Santa Teresa ocorre em 27 de agosto, enquanto a celebração do dia de sua morte ficou para o dia 15 de outubro, a partir da última reforma do calendário litúrgico da Igreja.

O papa Paulo VI, em 1970, proclamou santa Teresa d'Ávila doutora da Igreja, a primeira mulher a obter tal título.

Fonte: Paulinas.com

Dia dos Professores

Quem nunca teve um professor? Refiro-me ao professor oficial. Aquele que oficializa a formação do aluno rumo a um diploma.

No Brasil o dia do professor é 15 de outubro, dia da educadora Santa Teresa de Ávila. Importante registrar que em 15/12/1827, D. Pedro I baixou o decreto que criou o Ensino Fundamental. Obrigava cidades, vilas e lugarejos a terem escola das primeiras letras. Ideia revolucionária que, se cumprida, talvez não estaríamos na atual crise da educação. 

Não muito distante, o professor era reconhecido pela sociedade. Era tão importante como o ar que se respira. Principalmente os de educação básica porque o trabalho com crianças, delicado, exigente é fundamental para a cultura do país. Valorizar o professor brasileiro é resgatar a saúde cultural do Brasil que se encontra em estágio terminal.

Confira abaixo a letra e o vídeo criado pelo Governo Federal para homenagear os professores: 

UM BOM PROFESSOR, UM BOM COMEÇO 

A base de toda conquista é o professor!
A fonte de sabedoria, um bom professor! 
Em cada descoberta, cada invenção, todo bom começo tem um bom professor!

No trilho de uma ferrovia (um bom professor)! 
No bisturi da cirurgia (um bom professor)! 
No tijolo da olaria, no arranque do motor, tudo que se cria tem um  bom professor!

No sonho que se realiza (um bom professor)! 
Cada nova ideia (tem um professor)!
O que se aprende, o que se ensina (um professor)! 
Uma lição de vida, uma lição de amor!

Na nota de uma partitura, no projeto de arquitetura...

Em toda teoria, tudo que se inicia, todo bom começo tem um bom professor (Tem um bom professor)!


Parabéns a todos os professores!

sábado, 13 de outubro de 2012

Missa com as crianças na Matriz

Lembramos que todo segundo domingo, a celebração das 17h na Igreja Matriz é voltada para nossas crianças. Pais, não percam a oportunidade de ajudá-las a descobrir a beleza da Santa Missa. 

Amanhã, 14 de outubro, venha participar junto com seus filhos. É uma bela maneira de comemorar o Dia das Crianças!

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Dia das Crianças

Ação Social promovida pelo Grupo Redescoberta, na Creche Projeto "Salva Dor", São Lázaro.
No dia 12 de outubro comemoramos também o dia das nossas crianças. Neste dia não esqueçamos que não são os presentes materiais que fazem uma criança essencialmente feliz, mas sim o amor e o respeito com que elas são tratadas. 

Dar presente e ignorar o resto, de nada vale. Ainda mais que presentes em demasia não correspondem à realidade brasileira, onde muitíssimas crianças morrem mesmo antes de nascer, ou morrem por falta de alimentos. 

Aproveite também para olhar pela crianças abandonadas. Nas ruas, nos orfanatos, nas creches ou até na vizinhança! Participe de ações sociais em prol delas, seja doando alimentos, roupas e brinquedos, ou até mesmo levando amor e carinho! Coloque-as em suas orações, dê afeto e atenção que, com certeza, você estará contribuindo para um futuro melhor!

Que possamos colocar em suas vidas Jesus. Deixai vir a mim as criancinhas e não as impeçais, porque o Reino de Deus é daqueles que se parecem com elas. “Em verdade vos declaro: quem não receber o Reino de Deus como uma criancinha, nele não entrará." (Lucas 18,15-17)

Nossa Senhora Aparecida, rogai por nós!

Como surgiu Nossa Senhora Aparecida? 

Nossa Senhora de Fátima apareceu aos 3 pastorinhos em Portugal, Nossa Senhora de Lourdes, a Bernardete na França. Elas são padroeiras desses países e seguem veneradas por todos. E no Brasil? 

Bem, aqui foi assim: Corriam mansas as águas do Rio Paraíba do Sul, em Guaratinguetá, São Paulo. Ano 1717. Três pescadores, Garcia, Alves e Pedroso não conseguiam pescar nenhum peixe. Prontos a desistir, um deles lançou uma derradeira rede. Nenhum peixe. Porém, surpreendentemente, viram que “pescaram” uma imagem. 

Era negra e vestia um manto azul. Estava sem a cabeça. Assustados, lançaram outra rede e, com esta “pescaram” a minúscula cabeça. Daí, os peixes abundaram. Foi um milagre com superação de um forte ingrediente científico porque, pelo seu pequenino tamanho, a cabeça jamais poderia ter sido “pescada” com uma rede, cuja trama da malha era muito maior. 

D. Pedro I, dias após a Proclamação da Independência do Brasil, consagrou o Brasil a Ela. Foi fundada a cidade de Aparecida que hoje abriga seu majestoso Santuário. Tornou-se a Padroeira do Brasil. Seu dia é 12 de outubro e, para coroar fato tão extraordinário, o governo brasileiro fez dele feriado nacional. Nª Sª da Conceição Aparecida, milagrosa e amada por todos brasileiros, continue amparando o Brasil e todos seus devotos.

Caso queira saber mais sobre a história de Nossa Senhora Aparecida, confira aqui!

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Show Paz e Luz e Missa no Encontrão dos 70 anos da Rádio Excelsior da Bahia

Acontecerá amanhã, no estádio de Pituaçu, o Show Paz e Luz, em comemoração aos 70 anos da Rádio Excelsior. O tema do encontro será "Com a Mãe Aparecida a serviço do Senhor do Bonfim" e contará com a participação do Padre Reginaldo Manzotti. A entrada será um quilo de alimento não perecível que deve ser trocado em uma das 110 paróquias e/ou nas 904 comunidades da Arquidiocese de Salvador. Os alimentos arrecadados permanecerão nas próprias comunidades, a fim de beneficiar suas respectivas obras sociais.Serão disponibilizados 32 mil ingressos, correspondendo a capacidade máxima do estádio.

Se programe: 

Onde: Estádio Pituaçu Início: 12 de Outubro de 2012, às 17h00 Término: 12 de Outubro de 2012, às 20h00.

17h00 - Momento de Evangelização - Paz e Luz

17h55 - Hora do Angelus

18h05 - Momento Mariano

18h30 - Santa Missa

Mais informações: (71) 31143300

Abertura do Ano da Fé

O Ano da Fé inicia hoje, 11 de outubro e terminará em 24 de novembro de 2013, data em que a Igreja celebra a festa de Cristo Rei. 

Esse tempo especial de conversão se deu com a divulgação da Carta Apostólica Porta Fidei: “A Porta da Fé, que introduz na vida de comunhão com Deus e permite a entrada na sua Igreja que está sempre aberta para nós, num caminho que dura a vida inteira.O Ano da Fé é convite para uma autêntica e renovada conversão ao Senhor...”, salienta o Papa. 

A data escolhida como marco é o cinquentenário da abertura do Concílio Vaticano II. Também nessa data, o Catecismo da Igreja Católica completará 20 anos de publicação.

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Novidades sobre a saúde de Pe. Zezinho, scj, por Pe. Joãozinho, scj.

Hoje meu irmão e amigo, Pe. Zezinho, scj chegou de volta à comunidade do Conventinho, em Taubaté, onde reside desde a década de 1970. Como todos sabem, em setembro ele foi vítima de um AVC isquêmico provavelmente provocado pelo diabetes. Ficou hospitalizado e muito bem cuidado no Hospital Pio XII e depois no Antoninho da Rocha Marmo, em São José dos Campos. Ambos são uma iniciativa das Instituto das Pequenas Missionárias de Maria Imaculada. Esta congregação sempre teve uma atenção especial da parte de Pe. Zezinho. Agora foi a vez de ele receber cuidados… não existem palavras para descrever o zelo e dedicação que ele recebeu das irmãs. 

Bem… Pe. Zezinho chegou esta manhã e foi recebido com uma calorosa salva de palmas. Era visível a alegria de todos os 60 confrades que moram nesta casa, pela volta deste irmão maior que é referência na saúde e na doença. Desde o AVC ele luta para driblar lapsos de memória que afetam a continuidade de suas frase e às vezes lhe roubam palavras, nomes, sílabas ou letras que ficam faltando ou sobrando. Ficou um limite, sim! Mas seu ânimo continua sendo impressionante. Ele gasta cada minuto inventando modos criativos de mapear e driblar estas armadilhas mentais. Trata isso como uma espécie de jogo ou desafio pessoal. Continua não conseguindo cantar músicas como Oração pela Família. Mas sabe assoviar toda a melodia. Quando o vi, há dez dias, não cantava nada. Hoje ele cantou para mim os dois primeiros versos. Já lembra o nome de diversas pessoas. O meu não lembrou. Mas sabe exatamente quem sou e o que devendo para ele. Olha no celular e sabe que fui eu que liguei ou mandei mensagem. Com o celular na mão descobriu como recordar o nome das pessoas. Não consegui escapar. 

O tempo dirá a velocidade da recuperação. Torcemos e rezamos para que ele logo consiga compor, digitar, criar, cantar etc. Agora é ter paciência e dedicar-se ao exercício de criar sinapses. Quando lhe perguntei como se sente ele me disse: “As palavras estão voltando”. Cada nome lembrado é uma vitória. Programamos fazer alguns coisas juntos: livros inacabados, canções incompletas, ideias em elaboração. 

Antes de escrever esta crônica, conversei demoradamente com ele e perguntei o que achou do meu primeiro texto e se poderia escrever isso para as pessoas que perguntam sobre sua saúde. Ele me disse que gostou do que escrevi e que seguisse em frente. Após sua autorização e a aprovação dos meus superiores, escrevi. 

Não é para satisfazer apenas a curiosidade de alguns. Sei que a maioria das pessoas transforma estas informações em prece… e é disso que Pe. Zezinho mais precisa neste momento. O cuidado da comunidade, de seus familiares e de nossa enfermeira da comunidade, Carol, ele tem. Obrigado pela oração que você fará ao terminar de ler estes escritos.

Curso de Formação Litúrgico Musical


De 12 a 14 de outubro, acontece na Paróquia Ressurreição do Senhor, Ondina, o Curso de Formação Litúrgico Musical em parceria com o Centro Missionário Redentorista (CMR). 
Foto do Curso de Formação Litúrgico Musical em registro, SP, 2011.
Confira a entrevista da pastoral de Comunicação com o Pe Cristóvão Dworak, palestrante do curso:

Pascom - Como o Senhor pretende trabalhar a questão de teologia, ritualidade e música?

Pe Cristõvão - Estes temas serão trabalhados em conjunto. No primeiro momento falaremos sobre o conteúdo teológico-litúrgico do Advento e do Natal, a partir das orações próprias do tempo, e da ritualidade. Faremos também a análise de principais cantos que são entoados nestes tempos. Na Igreja não se canta qualquer coisa, em qualquer momento. Tudo na liturgia tem o seu momento próprio.

Pascom - Esta oficina será somente para cantos do tempo de Advento e do Natal?

Pe - Sim, o objetivo deste curso é aprofundar a teologia, ritualidade, espiritualidade, canto e música do Ciclo do Natal. Estão previstos para o ano que vem outros cursos temáticos.

Pascom - Como será passada a técnica vocal?

Pe - Será coordenado pela prof. Giuliana. Ela apresentará muitas técnicas úteis ao desempenho vocal dos que cantam. Além disso, os participantes poderão levar para casa material de palestras, letras de cantos com partituras e um CD didático. 

Pascom - O músico José Raimundo Galvão fará parte do curso?

Pe - Este curso será uma oportunidade muito boa para isso. E como convidado, ele apresentará em algum momento, uns dos seus cantos do Natal, alguns deles já conhecidos e cantados em nossas comunidades.
 
Pascom  - Como as pessoas poderão participar? 

Pe -São convidados a participar deste curso todos os que estão ativamente engajados nas liturgias das nossas comunidades e os que atuam em determinadas celebrações. Mas, é indispensável a presença de todos que coordenam os grupos de cantos e os que tocam nas missas.

Pascom  - Onde será o curso e qual a duração?

Pe -O curso começará na sexta-feira, dia 12 de outubro, com a Missa da Solenidade de N. S. Aparecida, às 17h, na Igreja Matriz. No sábado, dia 13 de outubro, as atividades serão das 8h30 até às 17h, com o intervalo para o almoço. No domingo, dia 14 de outubro, começará às 8h30 e terminará com a entrega dos certificados de participação, às 14h30. 

O Baile dos anos 60 foi um sucesso!

O Baile dos anos 60, promovido pela Paróquia da Ressurreição do Senhor, mais uma vez foi um sucesso!
Banda "Os milionários".

Os Paroquianos, juntamente com outros participantes puderam desfrutar com muita disposição e animação de um baile bem divertido, animado pela banda "Os Milionários"! 

A renda será revertida para as obras da instalação do elevador da Igreja Matriz.

Confira as fotos do evento no na nossa página do facebook!

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Curso Bíblico

Já mostramos aqui por onde começar a ler a Bíblia. Agora trazemos informações para você conhecer melhor o livro mais lido do mundo. 

A Bíblia surgiu no meio de um povo, o povo de Israel, mais tarde conhecido como o povo de Deus, e narra sua história Ela não foi escrita de uma só vez. Os primeiros livros foram escritos mais ou menos 1.250 AC e os últimos mais ou menos 100 DC. Claro que a história que a Bíblia narra começou muito antes, por isso “são importantes algumas informações que fornecerão uma visão geral do ambiente em que o livro foi escrito. 

Vale a pena mencionar dois princípios básicos de leitura da Bíblia. O primeiro e fundamental é este: cada declaração da Bíblia considera o contexto em que ela ocorre. O segundo: ter em conta os diferentes tipos de passagens literárias da Bíblia. 

Quem já teve algum contato com obras literárias sabe que o caminho para ler e interpretar documentos, prosa (como o romance) ou poesia é de forma diferente. Os autores bíblicos também se beneficiaram de uma grande variedade de gêneros literários. Na Bíblia, encontramos: textos poéticos (Salmos); fragmentos de documentos oficiais (Esdras, Macabeus); fragmentos de narrativa (Atos dos Apóstolos). 

É necessário evitar o maior perigo na leitura da Bíblia: a interpretação fundamentalista. Esta interpretação visa o significado literal de cada frase da Escritura, sem levar em conta as implicações históricas da criação do texto.” Necessitamos descobrir na narrativa bíblica o mais importante: a revelação do amor de Deus por nós! Mês que vem, mais um capítulo do nosso Curso Bíblico

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

05 de outubro- Dia de São Benedito!


A igreja celebra hoje o dia de São Benedito, um santo muito querido em todo o mundo! 

Benedito Manasseri nasceu em 1524, mas não se sabe ao certo onde teria nascido. Alguns historiadores dizem que ele nasceu na Sicília, sul da Itália, no seio de família pobre e era descendente de escravos oriundos da Etiópia. Outros, dizem que ele era um escravo capturado no norte da África. Neste caso, ele seria de origem moura, e não etíope. 

De qualquer modo, todos contam que ele tinha o apelido de “mouro” pela cor de sua pele. Aos 18 anos de idade já havia decidido consagrar-se ao serviço de Deus e aos 21 um monge dos irmãos eremitas de São Francisco de Assis chamou-o para viver entre eles e aceitou. Fez votos de pobreza, obediência e castidade e, coerentemente, caminhava descalço pelas ruas e dormia no chão sem cobertas. Era muito procurado pelo povo, que desejava ouvir seus conselhos e pedir-lhe orações. 

Cumprindo seu voto de obediência, depois de 17 anos entre os eremitas, foi designado para ser cozinheiro no Convento dos Capuchinhos, por isso é considerado atualmente protetor dos cozinheiros. São Benedito morreu aos 65 anos, no dia 4 de abril de 1589, em Palermo, na Itália. Na porta de sua cela, no Convento de Santa Maria de Jesus de Palermo se encontra uma placa com a inscrição em italiano indicando que era a Cela de São Benedito e embaixo as datas 1524-1589, para indicar as datas do nascimento e de sua morte. 

Alguns autores indicam 1526 como o ano de seu nascimento, mas os Frades do Convento de Santa Maria de Jesus consideram que a data certa é 1524.

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

04 de outubro - Dia de São Francisco de Assis

Oração de São Francisco
Giovanni di Pietro di Bernardone, mais conhecido como São Francisco de Assis foi um frade católico da Itália. Depois de uma juventude irrequieta e mundana, voltou-se para uma vida religiosa de completa pobreza, fundando a ordem mendicante dos Frades Menores, mais conhecidos como Franciscanos, que renovaram o Catolicismo de seu tempo.

A fama de santidade que granjeou em vida e perdura até os dias de hoje surgiu do seu exemplo de uma vida de completa dedicação ao próximo, dedicação que era animada por uma compreensão profunda, uma sinceridade espontânea, uma simplicidade autêntica em todas as coisas, qualidades banhadas de uma calorosa fraternidade, simpatia e caridade.

Na visão de seus contemporâneos ele era o mais perfeito seguidor de Jesus Cristo, e sua presença em qualquer cidade era sempre um acontecimento, enquanto que seus irmãos eram tidos na mais alta estima por muitos prelados importantes e autoridades civis.

Gostava muito dos pobres, da natureza e dos animais. Era incapaz de matar sequer uma formiga, por isso é conhecido como protetor dos animais. No mundo todo os católicos comemoram o seu dia com muita oração. É no dia 04 de outubro que os fiéis tem a possibilidade de levar seus animais para receber a benção na missa de São Francisco de Assis.

Conheça os NA - Narcóticos Anônimos

É um serviço gratuito, onde se aprende a viver sem drogas. Não focaliza nenhuma droga específica; seu programa lida com a doença da adicção. Um adicto é uma pessoa cuja vida é controlada pelas drogas. 

Através da programação do NA é possível parar de usar drogas, perder a vontade e encontrar uma nova maneira de viver. Para tornar-se membro, basta ter o desejo de parar! 

O grupo Ondina - Vale a pena viver, se reúne todas as segundas-feiras das 10h30 às 12h30 no auditório da Igreja Matriz.

Concílio Vaticano II completa 50 anos – PARTE 01

Há 50 anos o Papa João XXIII abria solenemente o 21º Concílio Ecumênico da Igreja Católica (1962-1965). Certamente esta é uma data que merece ser lembrada, porque a convocação e a realização deste último Concílio marcaram profundamente a caminhada da Igreja dos últimos séculos e em especial, a caminhada das Comunidades Eclesiais do século XX e a do início do século XXI. Hoje todos nós, e em especial as mais novas gerações de cristãos vivemos o modo de ser Igreja delineado pelo Concílio Vaticano II. 

Os mais idosos lembram ainda as missas em latim celebradas pelos padres que vestiam os antigos paramentos e rezavam voltados de costas para o povo, acompanhados de coroinhas, que muitas vezes não entendiam o que respondiam. Para muita gente, a missa era o momento propício de rezar o terço e as ladainhas ou um momento oportuno de fazer outros piedosos exercícios devocionais. Com a chegada do Concílio muita coisa mudou. 

Para marcar esta passagem jubilar, pretendemos falar aqui, neste espaço, das grandes propostas, que este Concílio apresenta para os cristãos, que são chamados a ser uma luz e um sopro de esperança para o mundo de hoje. Passados seus 50 anos, agora muito mais amadurecido, o Concílio Vaticano II continua a ser um desafio para a própria Igreja, para cada cristão, e para o mundo globalizado. Assim, como o foram os vinte Concílios anteriores. Cada um deles era convocado para tratar de grandes questões daquelas épocas. Alguns tratavam de questões dogmáticas, isto é, dos fundamentos da fé cristã. Outros tratavam de questões mais pastorais. Outros ainda de questões disciplinares. Mas, independentemente das razões, todos eles queriam ser resposta evangelizadora e luz para a realidade em que a Igreja se encontrava numa determinada época histórica. 

Não foi diferente com o Concílio Vaticano II. Levando em consideração as riquezas e a sabedoria da tradição bimilenar contida nos Concílios anteriores, o Concílio Vaticano II, desejava oferecer a seus fiéis, em primeiro lugar, mas também para todas as pessoas, um ensinamento mais preciso sobre sua natureza e sua missão universal. Isto porque, “As presentes condições do mundo tornam mais urgente este dever da Igreja, a fim de que os homens, hoje, mais intimamente unidos por vários vínculos sociais, técnicos e culturais, alcancem também total unidade em Cristo” (Lumen Gentium, nº 1). 

Não se ama o que não se conhece. Conhecer o pensamento do Concílio Vaticano II é fundamental para ser um verdadeiro e autêntico discípulo missionário do Senhor Jesus. Faremos isso, aos poucos. Até o próximo! 

Pe. Cristóvão Dworak, CssR.

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Ide e anunciai!

Outubro é dedicado tradicionalmente às Santas Missões, e mais uma vez nos desperta para a tarefa da evangelização. 
Encerramento das Missões Redentoristas em Itabuna (BA) - 2011
Nós, católicos, encontramos Jesus no Batismo, na Bíblia, na Eucaristia, na comunidade e nas nossas devoções. Estes encontros nos dão alegria interior, esta alegria e o privilégio de encontrá-Lo, devemos compartilhar com os outros. Por isso, o discípulo de Jesus deve ser missionário. O recado de Jesus para aqueles que têm fé e o amam é claro: “Ide e fazei discípulos meus todos os povos” (Mt 28,19). O próprio Jesus é missionário do Pai. “Esta doutrina não é minha, mas daquele que me enviou” (Jo 7,16). 

Somos discípulos de Jesus, chamados e revestidos da Sua mesma missão! 

O anúncio missionário precisa passar de pessoa a pessoa, de casa em casa, de comunidade em comunidade. (DAP nº 550). 
É preciso sair do egocentrismo da nossa natureza, do individualismo de não querer dividir o sentido da vida que encontramos em Cristo e na comunidade eclesial. Nós sabemos que Deus é Pai, mas e os outros que não conhecem essa consoladora verdade? Nós sabemos que o Filho veio ao mundo para nos revelar o Pai e nos fazer filhos Seus... E os outros? Nós temos o que comer... E os outros? Todo tipo de “capitalismo religioso”, o só querer para si, é antievangélico e anticatólico. Jesus disse: “Eu vim para que todos tenham vida e a tenham em abundância” (Jo 10,10). 

Quais são as obras dos discípulos e missionários de Jesus? Levar a boa notícia de Jesus, testemunhar, profetizar, projetar nas praças das grandes cidades, nos bairros pobres, nos hospitais, nas prisões... Trancamos o Evangelho dentro dos muros, nos consolamos com certas devoções emocionalistas, ficamos satisfeitos com nosso grupinho fechado que nos dá segurança psicológica. Mas cadê a missão? A característica da vida missionária é: Sair – Andar - Entrar. 

“Eu vim trazer fogo a terra” declara Jesus: “E como gostaria que já estivesse aceso!” (Lc 12,49). Você não será verdadeiramente católico se não sentir o mundo inteiro bater no seu coração de cristão. Vamos atear o fogo do Evangelho nos quatro cantos do mundo! 

Pe. Tadeu Pawik CSsR

terça-feira, 2 de outubro de 2012

Tome Nota - Outubro 2012


Os Santos Anjos da Guarda

A Igreja comemora em 2 de outubro os Santos Anjos da Guarda. “Cada um de nós vive uma grande graça: existe um Anjo ao nosso lado; um espírito celeste maravilhoso, desde que fomos concebidos no ventre da nossa mãe”. 


Nossa parte é assumirmos sua presença, o louvor, a vida em ação de graças, a intercessão e súplica que o Anjo faz ao Senhor, por nós e conosco. Quando o povo de Deus se reúne em oração, quando a Palavra de Deus é proclamada, os Anjos vêm. 

Na Inglaterra desde o ano 800 acontecia uma festa dedicada aos Anjos da Guarda e a partir do ano 1111 surgiu uma linda oração. 

Aprendamos e rezemos esta quase milenar prece: 

"Anjo do Senhor - que por ordem da piedosa providência Divina, sois meu guardião - guardai-me neste dia (tarde ou noite); iluminai meu entendimento; dirigi meus afetos; governai meus sentimentos para que eu jamais ofenda ao meu Deus e Senhor. Amém”.

segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Editorial – O pároco com a Palavra

O Ano da Fé! “Senhor eu Creio em Ti, mas aumentai minha Fé”. 

Caríssimos irmãos e irmãs, Amados paroquianos da família da Ressurreição do Senhor;

Neste mês de outubro, dedicado às Missões, somos convidados a colocar em prática tudo aquilo que vivenciamos no mês da Bíblia. Somente através dos ensinamentos deixados por Jesus Cristo é que podemos transformar nossas vidas, pregando com amor e carinho Sua mensagem que nos leva ao caminho da salvação. 

Os Missionários Redentoristas que atendem a Paróquia da Ressurreição do Senhor têm esta importante missão: pregar a Boa Nova a todos, de maneira especial ao povo pobre e humilde. Por isso, este mês deve ser um mês motivador para que assumamos o nosso papel de cristão missionário, seja na nossa família, comunidade ou sociedade. Porém, este mês não deve ser somente de ação, deve ser também de reflexão. Para sermos missionários não precisamos percorrer grandes distâncias. Ser missionário é fazer a difícil viagem de sair de si, e ir ao encontro do outro. 

Neste ano, o mês missionário é ainda mais importante na nossa Igreja, pois o Papa Bento XVI proclamará o “Ano da Fé”. Esta graça terá início no dia 11 de outubro, cinquentenário da abertura do Concílio Ecumênico Vaticano II, e aniversário de vinte anos da publicação do Catecismo da Igreja Católica, e terminará no dia 24 de novembro de 2013. Todos nós, católicos, devemos participar desse ano com “todo coração, com toda alma e com todo entendimento” (Mt 22,37). Mas qual é o sentido do Ano da Fé? A fé ainda tem espaço em nossa cultura, na nossa vida e no nosso dia a dia? 

Cada um de nós precisa colocar-se diante dessa realidade e responder se faz necessário para os que desejam viver sua fé com consciência! Não apenas como uma herança de seus pais e avós, esquecida e guardada em um canto perdido da própria vida, que não possui nenhuma incidência concreta no modo de viver, pensar, ser e relacionar-se. O cristão que vive o seu Batismo e segue os passos de Jesus, diante dessa problemática não se cala e nem deve se calar! Vamos aumentar a nossa fé através das orações, celebrações e momentos que a Igreja nos oferece, acolhendo com amor, carinho e fé a proposta do Papa Bento XVI. 

Que todo cristão tenha a convicção e a identidade com a fé católica. Que Deus nos ajude viver o Ano da Fé! 

Com abraço fraterno, 

                                                                                                Pe. Cristóvão Przychocki