"Deus ande em tua frente para te conduzir, atrás de ti para te proteger e ao teu lado para te acompanhar!"


Você é o visitante de nº

Paróquia Ressurreição do Senhor

quinta-feira, 31 de maio de 2012

31 de maio - Coroação de Nossa Senhora

Hoje, 31 de Maio, católicos do mundo todo realizam a coroação de Nossa Senhora. Segundo a tradição cristã, aos 72 anos de idade, MARIA despediu-se de sua vida terrestre. Dizemos despediu-se, porque no sentido teológico ela não morreu, teve um “sono transitório” e nele, foi “visitada” e venerada por todos os Apóstolos, presentes naquele bendito dia, e foi transportada aos Céus, em Corpo e Alma, por um sonoro e alegre cortejo de Anjos. (Dógma de Fé).

Foi assim que ELA entrou no Paraíso de DEUS:

Uma bela música com as vozes dos Anjos, Querubins, Serafins e toda família celeste, que entoavam maravilhosos acordes com harmonia e perfeição, expressando júbilo e contentamento, pela chegada ao Céu de MARIA DE NAZARÉ.
ELA, habitualmente revestida de muita serenidade, via a tranquilidade fugir de seu Ser, ficando visivelmente perturbada, pelo calor e imenso esplendor daquela simpática recepção. De um lado e de outro do caminho, distinguia aqui e ali um rosto mais conhecido. Pétalas de lindas flores caíam de todos os lados, ornando-a com as cores do arco-íris, a medida que mais se aproximava do trono do Amor, da Vida e da Misericórdia.
De seus encantadores olhos reluziam um brilho intenso que traduzia deslumbramento e felicidade, reflexos de seu reconhecido agradecimento por tantas honrarias, distinções e por todas aquelas exaltações de carinho e afeto.
Maria lembrava-se das vezes que olhou para o Céu e observava a imensidão do firmamento celeste, apreciando e admirando a manifestação viva do Amor de DEUS. Envolvida por tantas lembranças, a cada passo recordava também que meditando sobre os Mistérios de DEUS e de JESUS, seu querido e amado FILHO, involuntariamente ia compreendendo o seu próprio Mistério e a sua Vida no plano Divino.
E por tudo o que sentia e via, caminhava emocionada para o CRIADOR, meta única de sua vida, o seu objetivo final. A esta alegria, estava a sua expectativa, porque também aproximava-se um momento especial, ela iria reencontrar o seu Adorado FILHO JESUS. Foi um longo abraço, repleto de ternura, para saciar uma saudade imensa.
JESUS segurando em seu braço, a conduziu a presença de DEUS.
MARIA DE NAZARÉ, num gesto de profundo respeito, prostrou-se com o rosto no chão e podemos ouvir em nosso coração as palavras que ELA pronunciou, expressando todo o seu amor: "Meu SENHOR e meu DEUS, aqui estou para servi-LO por toda eternidade".
DEUS PAI encantado com SUA OBRA PRIMA, levantou-se do trono e afetuosamente fez com que a DIVINA MÃE se erguesse e se assentasse à sua esquerda.
A música aumentou, o coro tornou-se mais vibrante e belo. Os Arcanjos Gabriel, Miguel e Rafael, sorridentes, prevenidos e preparados para aquele evento tão especial, trouxeram uma maravilhosa coroa de ouro com belíssimas pedras preciosas incrustadas e depositou-a nas mãos de DEUS, que segurando numa parte ofereceu o outro lado à JESUS e ambos coroaram MARIA SANTÍSSIMA, "Rainha do Céu e da Terra", ao mesmo tempo em que o ESPÍRITO SANTO, sob a forma de uma pequena pomba branca, deixava cair do alto em imensa profusão, uma esplendorosa luz que transluzia, que transparecia toda a sublimidade, toda a beleza e a infinita grandeza da Glória de DEUS.

E em honra a estemomento tão especial, a celebração da coroação de Nossa Senhoras das igrejas do mundo todo são ricas em detalhes, com pétalas perfumadas, crianças vestidas de anjos, cantos especiais.. tudo para saudar a nossa Mãe Rainha do céu e da terra.

Fotos: Google imagens

sexta-feira, 25 de maio de 2012

Feijoada do Bom Pastor - 27.05.12

No próximo domingo, dia 27.05, a Pastoral Familiar estará promovendo uma feijoada, com som ao vivo e Bingo. O evento está sendo organizado em prol do Encontro de Casais com Cristo – ECC do Bom Pastor . Os ingressos estão à venda na Secretaria da paróquia, ou com os organizadores, no valor de R$10,00 (adulto) e R$ 5,00 (Crianças de 06 a 10 anos).

Pastoral da Saúde da Paróquia de Ondina promove "Encontro de Mulheres"

A Pastoral da Saúde da Paróquia de Ondina promove amanhã (26.05), a partir das 15 hs, o "Encontro de mulheres".
O evento acontecerá no auditório da Igreja matriz e será aberto a todas as mulheres. Será uma tarde bem divertida com palestra da coordenadora da Pastoral da saúde, a psicóloga Norma Almeida, dinâmicas e bate-papo. Participe!

Realizado mais um curso para noivos em nossa Paróquia!

No dia 20 de maio aconteceu mais um curso para noivos, no qual 18 casais de noivos participaram com muita interação. A Equipe Enamorados, que organiza os encontros, contou com as presenças de nove casais que, como sempre, doaram muita alegria e disponibilidade para que o dia transcorresse com muita leveza. Agradecimentos  às Ministras da Comunhão D. Janice, Cleonice e Carminha  ( membro da equipe ) que fez a palestra sobre o Sacramento do Matrimônio.

O próximo Encontro acontecerá no dia 22 de julho.




terça-feira, 22 de maio de 2012

Forró do ECC

Confira fotos do forró realizado em prol do Encontro de Casais com Cristo (ECC), da paróquia da Ressurreição do Senhor, em Ondina, no último dia 19 de maio. A cobertura completa do evento você lê na edição de junho do jornal "O Ressuscitado".






22 de Maio - Dia de Santa Rita de Cássia

Nasceu na Itália, em Cássia, no ano de 1380. Seu grande desejo era consagrar-se à vida religiosa. Mas, segundo os costumes de seu tempo, ela foi entregue em matrimônio para Paulo Ferdinando.

Tiveram dois filhos, e ela buscou educá-los na fé e no amor. Porém, eles foram influenciados pelo pai, que antes de se casar se apresentava com uma boa índole, mas depois se mostrou fanfarrão, traidor, entregue aos vícios. E seus filhos o acompanharam. 
Rita então, chorava, orava, intercedia e sempre dava bom exemplo a eles. Seu esposo acabou sendo assassinado. Não demorou muito, seus filhos também morreram.
Seu refúgio era Jesus Cristo. A santa de hoje viveu os impossíveis de sua vida se refugiando no Senhor. Rita quis ser religiosa. Já era uma esposa santa, tornou-se uma viúva santa e depois uma religiosa exemplar. Ela recebeu um estigma na testa, que a fez sofrer muito devido à humilhação que sentia, pois cheirava mal e incomodava os outros. Por isso teve que viver resguardada. Morreu com 76 anos, após uma dura enfermidade que a fez padecer por 4 anos.
A vida de santa Rita de Cássia foi uma das mais sofridas na história da Igreja católica, por esse motivo os fiéis a consideram a “santa das causas impossíveis”. E hoje ela intercede pelos impossíveis de nossa vida.
Santa Rita de Cássia, rogai por nós! 
Fonte: Canção Nova / Santo do dia


segunda-feira, 21 de maio de 2012

Ascensão do Senhor e o Domingo de Pentecostes

Pe Cristóvão Dworak, CSsR

O mistério da ascensão do Senhor, celebrado no quadragésimo dia depois da Páscoa ou, por questões pastorais, uma semana antes do Domingo de Pentecostes, constitui o aspecto glorioso da vitória pascal de Cristo elevado ao céu, (cf. Ef 1,22-23). Ao mesmo tempo, inicia a última etapa da história da salvação que culminará com sua segunda vinda. 

Esse sagrado tempo entre a ascensão e a parusia é considerado também o “tempo da Igreja”, porque agora o Senhor age no mundo por meio dela. São Leão Magno (séc.V), por ocasião dessa festa, dizia ao povo: “...tudo o que havia de visível em nosso Redentor, passou para os mistérios, sacramentos. Para tornar a fé melhor e mais firme à visão, sucedeu a doutrina, em cuja autoridade se devem apoiar os corações dos que crêem, iluminados pela luz celeste”.

A Ascensão, seguida do Pentecostes, inicia o tempo fortemente marcado pelo dinamismo evangelizador dos cristãos. Assim, a Igreja de Jesus, guiada pelo Espírito Santo, atua no mundo através de três grandes ações evangelizadoras: 1) anuncia continuamente e sem temor o nome do Senhor (ministério da Palavra); 2) celebra a fé reafirmando a memória dEle até que  volte (ministério da Liturgia); 3) esforça-se em transformar o mundo nos múltiplos gestos da caridade (ministério da caridade). Desta maneira, a Igreja cumpre sua missão de ser humilde serva do Senhor, consciente de está neste século não para ser servida, mas para servir, a fim de que “...todas as nações dispersas pela terra, na diversidade de suas línguas, se unam no louvor ao Nome, que está acima de todo outro nome e, diante do qual, se dobra todo joelho (Fl 2,5-11).
Como você dispõe do seu tempo, enquanto há tempo, na espera do Tempo se cumprir?       

domingo, 20 de maio de 2012

Agapinho - Tarde de autógrafos com Pe. Marcelo Rossi, no Salvador Shopping

Na próxima terça-feira (22), a partir das 14h, o Padre Marcelo Rossi estará na Livraria Cultura do Salvador Shopping autografando seu livro 'Agapinho'. A edição infantil, é uma adaptação do conteúdo do livro 'Ágape' para tratar de assuntos como verdade, justiça, perdão, bondade, solidariedade e confiança.
Serviço:
Quando: Terça-feira, 22 de maio às 14h
Onde: Teatro da Livraria Cultura do Salvador Shopping
Autor: Pe. Marcelo Rossi.
 

sexta-feira, 18 de maio de 2012

Missa na Vila Matos - 21.05


Convidamos a todos, para mais uma vez celebrarmos juntos a nossa Missa na Vila Matos, que será realizada no próximo dia 21/05 às 19h30, na área do Bar de Jair. 

Contamos com sua presença! 

quinta-feira, 17 de maio de 2012

quarta-feira, 16 de maio de 2012

Forania 6 promove Encontro de Comunicação

Acontecerá no dia 19 de maio, das 13h30 às 17h no Colégio Nossa Senhora da Luz (Pituba) o 3º Encontro de Comunicação da Forania 6. O tema do encontro será “Silêncio e palavra: caminho de evangelização”, título da carta do Papa Bento XVI para o Dia Mundial das 46º Dia Mundial das Comunicações Sociais.

Neste ano a abertura será feita pelo Pe. Manoel, responsável pela Pascom Arquidiocesana, e serão oferecidas as oficinas:


 - Produção de texto jornalístico
- Fotografia
- Contação de histórias
- Redes sociais e blog
- Comunicação Litúrgica (comunicação oral e a postura dos leitores)
- Edição básica de vídeo

 O encontro é aberto a comunidade, especialmente aos agentes de pastorais e movimentos.
As inscrições estão abertas e podem ser feitas no link abaixo:

 https://docs.google.com/a/pnsluz.com.br/spreadsheet/viewform?formkey=dHhTck9YMkxRVTkwdW12LVc0OFdRc0E6MQ&pli=1
 

Missa das crianças - 20.05.2012


Pe. Aloisio e as crianças no altar - Momento da Comunhão / Março 2012

Jesus Cristo disse: "Deixai vir a mim os pequeninos, pois deles é o Reino dos Céus" e é com esse objetivo que as Pastorais Catequética e da Juventude preparam suas atividades na Paróquia e nas comunidades.
O objetivo principal trazer os pequeninos até o Cristo Ressuscitado e fazê-los perceber o quão grande é o amor de Deus por todos nós.
Uma vez por mês é celebrada uma santa Missa especial para as crianças, com uma didática diferenciada e a liturgia especialmente adaptada para facilitar o entendimento do Evangelho. Em Maio, acontecerá no próximo sábado (20.05), às 17 hs, na Paróquia da Ressurreição do Senhor, em Ondina.

Tragam os seus filhos!

Forró do ECC de Ondina!


Momento da quadrilha, no Forró da Paróquia "Pisa na fulô", em 2011. 


Participe do forró pé de serra que acontecerá no dia 19 de maio, a partir das 21h, no Clube 2004, em Armação, Salvador. O evento está sendo organizado em prol do Encontro de Casais com Cristo – ECC . Os ingressos estão à venda na Secretaria da paróquia, ou com os organizadores, no valor de R$25,00.

Como nas vezes passadas, teremos muita animação. Duas bandas tocarão sem parar no ritmo pé de serra. Venham se divertir em um ambiente familiar e alegre. Esperamos você!

Festa do Sagrado Coração de Maria - Participe conosco!

Confira a programação da Festa e venha participar conosco!



segunda-feira, 14 de maio de 2012

13 de Maio - Abolição da escravatura

Na época em que os portugueses começaram a colonização do Brasil, não existia mão-de-obra para a realização de trabalhos manuais. Assim, eles usavam os índios para cuidarem das lavouras, mas como os religiosos se colocaram em defesa dos índios, não foi possível continuar essa escravidão. Assim, os portugueses trouxeram negros da África para exercer essas funções aqui, tornando-os escravos.

Processo de abolição da escravatura no Brasil 

Esses negros chegavam no Brasil transportados nos porões dos navios negreiros. Devido as péssimas condições deste meio de transporte, muitos deles morriam durante a viagem. Após o desembarque eles eram comprados por fazendeiros e senhores de engenho, que os tratavam de forma cruel e desumana.  

Apesar desta prática ser considerada “normal” do ponto de vista da maioria, os abolicionistas (grupo formado por literatos, religiosos, políticos e pessoas do povo) eram contra esta prática absurda, mas a mesma permaneceu por quase 300 anos. O principal fator que manteve a escravidão por um longo período foi o econômico. A economia do país contava somente com o trabalho escravo para realizar as tarefas da roça e outras tão pesados quanto estas. As providências para a libertação dos escravos deveriam ser tomadas lentamente.

O primeiro passo foi dado em 1850, com a extinção do tráfico negreiro. Vinte anos mais tarde, foi declarada a Lei do Ventre-Livre (de 28 de setembro de 1871). Esta lei tornava livre os filhos de escravos que nascessem a partir de sua promulgação. Em 1885, foi aprovada a lei Saraiva-Cotegipe ou dos Sexagenários que beneficiava os negros de mais de 65 anos.
Foi em 13 de maio de 1888, através da Lei Áurea, que liberdade total finalmente foi alcançada pelos negros no Brasil. Esta lei, assinada pela Princesa Isabel, abolia de vez a escravidão no Brasil.

Fonte: SuaPesquisa.com

domingo, 13 de maio de 2012

13 de Maio de 2012 - Dia das mães e de Nossa Senhora de Fátima

O dia das mães não poderia cair em melhor data. Maio é conhecido como o mês das mães e o mês de Maria e um dos maiores presentes que as mães de todo o mundo poderiam ganhar era essa coincidência de datas.
Maria é mãe de todos nós e é ela que intercede com todo amor por seus filhos.




No dia 13 de Maio de 1917, os três pastorinhos Lúcia, Francisco e Jacinta estavam brincando num lugar chamado Cova da Iria. De repente, observaram dois clarões como de relâmpagos, e em seguida viram, sobre a copa de uma pequena árvore uma Senhora vestida de branco, mais brilhante que o sol, irradiando luz mais clara e intensa que um copo de cristal.
Sua face, indescritivelmente bela, não era nem alegre e nem triste, mas séria, com ar de suave censura. As mãos juntas, como a rezar, apoiadas no peito, e voltadas para cima. Da sua mão direita pendia um Rosário. As vestes pareciam feitas somente de luz. A túnica e o manto eram brancos com bordas douradas, que cobria a cabeça da Virgem Maria e lhe descia até os pés.

Lúcia jamais conseguiu descrever perfeitamente os traços dessa fisionomia tão brilhante. Com voz maternal e suave, Nossa Senhora tranqüilizou as três crianças, dizendo:
“Não tenhais medo. Eu não vos farei mal. Vim para pedir que venhais aqui seis meses seguidos, sempre no dia 13, a esta mesma hora. Depois vos direi quem sou e o que quero. Em seguida, voltarei aqui ainda uma sétima vez. Tereis muito que sofrer, mas a graça de Deus será o vosso conforto”. 

Ao pronunciar estas últimas palavras, Nossa Senhora abriu as mãos, e delas saía uma intensa luz.
Os pastorinhos sentiram um impulso que os fez cair de joelhos, e rezaram em silêncio a oração que o Anjo havia lhes ensinado:
As três crianças: “Ó Santíssima Trindade, eu Vos adoro. Meu Deus, meu Deus, eu Vos amo no Santíssimo Sacramento.”

Passados uns momentos, Nossa Senhora acrescentou:
Nossa Senhora: “Rezem o Terço todos os dias, para alcançarem a paz para o mundo, e o fim da guerra.”
Em seguida, cercada de luz, começou a elevar-se serenamente, até desaparecer.

E que hoje, Nossa Senhora de Fátima interceda por todas as mamães, dando-lhes paz e ternura para educar seus filhos no caminho de Cristo!

Fonte: http://www.devotosdefatima.org.br/aparicoes2.html



sexta-feira, 11 de maio de 2012


Triste noticia para o povo de Deus


O Santuário de São Lázaro fechou as portas hoje, dia 11 de maio. Devido à queda de parte do telhado, ocorrida nesta sexta-feira, o local, conhecido internacionalmente como Igreja de São Lázaro e São Roque, não mais será aberto ao público até que o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) faça o trabalho de reforma e restauração. Uma lamentável perda para o povo baiano, que tem no Santuário, com quase 300 anos de existência, um lugar sagrado de peregrinação, devoção e incontestável identidade cultural, registrada no número expressivo de visitas realizadas pelo povo afrodescendente, que toda segunda-feira lota a igreja para render graças a Omulu, orixá sincretizado com São Lázaro.

Os documentos históricos falam da Igreja de São Lázaro já existente no ano de 1737. Patrimônio cultural da Bahia, nela são celebradas as festas de São Lázaro, em janeiro, São Roque, em agosto e a mais recente de todas, a de São Benedito, em novembro. Pessoas do mundo inteiro acompanham os rituais sagrados e profanos durante os festejos, passando pelo veleiro, a Sala dos Ex-Votos e a Capela dos Milagres, onde deixam registradas suas intenções e pedidos.

Que Deus abra o coração dos nossos governantes para que o IPHAN restaure o Santuário o mais rápido possível.



No próximo domingo, dia 13, não haverá a missa das 17h na Igreja Matriz, em Ondina. O motivo? A celebração da Festa do nosso padroeiro, o Cristo Ressuscitado. Ontem, quem foi ao Santuário de Nossa Senhora Educadora, ISBA, pode acompanhar a belíssima reflexão realizada pelo convidado da noite, o professor George. A cobertura da festa você confere na próxima edição do nosso jornal. Acompanhe a programação dos próximos dias clicando no link abaixo:

http://www.ressurreicaodosenhor.blogspot.com.br/2012/05/festa-do-ressuscitado-2012-com-o-cristo.html

quinta-feira, 10 de maio de 2012

Coleta de óleo de cozinha queimado


A Igreja da Ressurreição do Senhor (Ondina) começou um trabalho de coleta de óleo para reciclagem, inspirado e motivado pelo tema da Campanha da Fraternidade 2012: A Fraternidade e a Saúde Pública – Que a saúde se difunda sobre a terra.

O óleo coletado será repassado à CANORE (Catadores de Nova República) para ser beneficiado e entregue à Petrobras. No dia 28 de março, na nossa Matriz, foi completada a primeira coleta e entregue a essa empresa.
O Brasil consome nove bilhões de litros de óleo de cozinha por ano. Apenas 2,5% são reciclados. O restante, incríveis 97,5 %, é lançado nas redes de águas pluviais. O grande perigo é que apenas 1 litro desse óleo queimado basta para contaminar milhares de litros de água. Além disso, jogado no lixo ou no ralo da pia entope o encanamento, impermeabiliza fossas sépticas, contamina rios e lençóis freáticos. Terminando por colocar em risco a vida aquática e comprometer a alimentação humana.

O óleo armazenado em garrafas é levado a um dos postos de reciclagem, onde é reciclado e utilizado para produção de biodiesel, tintas, vernizes, sabão, etc. Gera trabalho e renda para a sociedade e preserva as águas, ajudando a salvar o nosso planeta.

Para colaborar com esse saudável processo de reciclagem e ajudar a salvar o meio ambiente e a saúde da vida na terra, basta seguir estas dicas: pegue o óleo queimado depois de frio e o despeje em um vasilhame bem fechado, que pode ser uma garrafa PET.  Leve-o ao posto de reciclagem mais próximo da sua residência. Para maiores informações, entre em contato com Caetano, Coordenador da campanha na nossa Paróquia, pelo telefone 9971-2834 - acaetano@oi.com.br

NOVO PADRE EM ONDINA


Chegou em nossa paróquia o padre Cristóvão Dworak. Polonês, ele cursou Teologia no Brasil, onde ordenou-se padre em maio de 1988.

Padre Cristóvão realizou trabalho missionário no Santuário do Bom Jesus da Lapa, atuando como coordenador de diversas pastorais e comunidades, promovendo, inclusive, cursos como o de Formação Litúrgico-Musical.

Serviu também na cidade de Senhor do Bonfim, no interior da Bahia. O trabalho do padre, porém, ultrapassou as fronteiras, através das Santas Missões Populares pregadas nas comunidades urbanas e rurais nos estados de Sergipe, Minas Gerais, Goiás, Distrito Federal e Pernambuco.

Com Mestrado em Teologia Sistemática, com Especialização em Liturgia, e Doutorado em Ciências da Religião pela Pontifícia Universidade Católica em São Paulo, é o mais novo colaborador da Paróquia de Ondina, pertencendo, ainda, ao Centro Missionário Redentorista (CMR) e à Associação dos Liturgistas do Brasil (ASLI), além de outras instituições cujo trabalho exercido no contexto religioso é nacionalmente conhecido.

Que o Ressuscitado o auxilie nesta nova missão!

quarta-feira, 9 de maio de 2012

Mês de Maria na Paróquia


Estamos no mês mariano, dedicado à Maria, Mãe de Jesus. Para se perceber melhor o perfil materno de Nossa Senhora, três passagens bíblicas merecem destaque:

A primeira é a das Bodas de Caná, que realça Maria como a grande intercessora (João 2,5).
Outra passagem é a que nos mostra seu silêncio e sua humildade. O anjo a encontra na quietude de sua casa, rezando, para dizer-lhe que fora escolhida por Deus para dar ao mundo o Salvador, mensagem acolhida por ela sem dizer sequer ao noivo, José, o que nela se realizava por vontade divina. (Lucas 1,38).
O terceiro traço é sua corajosa atitude diante do sofrimento como mãe do Filho de Deus: ao apresentar o seu Jesus no templo, ouve que “uma espada de dor transpassará a tua alma” (Lucas 2,34-35); ao fugir com Ele para o Egito com o esposo, por causa da crueldade de Herodes (Mateus 2,13); quando desencontra-se de Jesus por três dias (Lucas 2,48) e na paixão e crucificação de Jesus (João 19,25).
Os grupos da nossa Paróquia estarão louvando e agradecendo a Maria, em seu mês, através do terço, da ladainha, oferecimento de flores e outras manifestações carinhosas, antes e durante a Celebração Eucarística.
Confira a relação aqui e participe! A Mãe espera por você.
Que Nossa Senhora nos fortaleça na fé para que possamos ser como Ela e interceda por todas as mães, que têm seu dia comemorado no segundo domingo de maio. Muitas graças alcançaremos, através da Sua intercessão junto a seu Filho Jesus.
 “Alegra-te, cheia de graça! O Senhor está contigo”   (Lc 1, 28)

Dia
Dia Semana
Responsável
01
Ter
Movimentos Marianos
02
Qua
Servos de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro
03
Qui
Ministério da Eucaristia e Ministério da Palavra
04
Sex
Pastoral Litúrgica
05
Sáb
Equipes de Nossa Senhora
06
Dom
Pastoral do Dízimo e Terço dos Homens
07
Seg
Comunidade Matriz
08
Ter
Comunidade Matriz
09
Qua
Servos Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e Pastoral Litúrgica
10
Qui
Comunidade Matriz
11
Sex
Pastoral Litúrgica
12
Sáb
Pastoral Litúrgica
13
Dom
Pastoral Litúrgica
14
Seg
CPP, CEP e Equipe Coleta de Óleo
15
Ter
Apostolado da Mãe Rainha e Pastoral Vocacional
16
Qua
Servos Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e CFP
17
Qui
Comunidade São Lázaro, Missionários Redentoristas Leigos e Pastoral do Batismo
18
Sex
Apostolado da Oração e Pastoral da Saúde
19
Sáb
Pastoral Catequética, Crisma e Grupo de Coroinhas e ESSV
20
Dom
Pastoral Familiar, ECC, ECBP
21
Seg
Comunidade Nossa Senhora Educadora e Associação de Leigos Coração de Maria
22
Ter
Pastoral da Esperança e Equipe de Eventos
23
Qua
Servos Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e Coral Santo Afonso
24
Qui
Pastoral da Comunicação e Oficinas de Oração e Vida
25
Sex
Pastoral da Criança, Pastoral da Pessoa Idosa e Comunidade Coração de Jesus
26
Sáb
RCC, Comunidade Coração de Maria e Ministério de Música
27
Dom
Pastoral da Juventude, Pastoral Universitária, TLC e Rotaract Club Bahia Norte
28
Seg
Pastoral da Integração, Social e Comunidade Nossa Senhora dos Navegantes
29
Ter
Pastoral Litúrgica
30
Qua
Servos Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e Pastoral Acolhimento
31
Qui
Movimentos Marianos, Pastoral Litúrgica e Dorilândia

Trilha 3 - Encontro para jovens de 15 a 17 anos


Nos dias 25, 26 e 27 de maio próximo, acontecerá o Trilha 3 no Convento D. Amando. O Trilha é um grupo voltado para jovens entre 15 e 17 anos, que se sentem chamados a levar ao mundo o rosto do Cristo jovem que eles conhecem. Esses jovens se reúnem todos os domingos, às 17 h, na Paróquia de Ondina e, uma vez por ano, promovem um retiro espiritual para aprofundar sua fé. Faça sua inscrição! Maiores informações, com Irtes: (71) 3235-5614.

SILÊNCIO PARA OUVIR A DEUS



Carlos Trigo - Ministro da Palavra

O sentido da audição é o mais sensível do corpo humano. A sacristia, onde os padres oficiantes tomam as vestes do culto e fazem a invocação da presença do Espírito Santo, merece o devido silêncio por ser um lugar sacro. Idem, após o retorno da missa quando rezam em agradecimento pelo servir a Deus. A Instrução Geral do Missal Romano nº. 43 insiste no silêncio, sobretudo durante e após as leituras, a Homilia e a Sagrada Comunhão. O silêncio dá fundamentação à oração. É pelo silêncio que valorizamos o ato celebrado e procuramos entrar em sintonia com Deus com a oração ao Pai pelo Filho no Espírito Santo. Somente com o silêncio mistagógico o ser humano é capaz de se descobrir e perceber o que é profundamente mistério. É como sair de si, para compreender o mistério que está além de si. Para isso, o silêncio litúrgico é parte da própria celebração para valorização da palavra, do mistério da vida. O silêncio é parte da reverência.

Após inúmeros apelos, a beata Jacinta Marto, (11-03-1910 – 20.02.1920), pediu que comunicasse ao Cardeal a seguinte mensagem: “Nossa Senhora não quer que a gente fale na Igreja”. Devemos rezar em silêncio, pois no silêncio do sacrário, só Deus pode escutar o gemido de nossa alma. E o próprio Jesus nos fala: “Quando orares, entra no teu quarto, feche a porta e reze ao seu Pai em segredo: e o seu Pai, que vê num lugar oculto, recompensar-te-á”. (Mateus 6,6).

Na conclusão do seu ciclo de catequese sobre a oração de Jesus, durante a audiência geral (08/03/2012), o Papa Bento XVI falou sobre o valor do silêncio na relação do homem com Deus. Citando novamente a Verbum Domini, o Santo Padre recordou a “grande tradição patrística” (conhecimentos dos padres da Igreja) que nos ensina que: “os mistérios de Cristo estão unidos ao silêncio e somente nele a Palavra pode habitar em nós, como aconteceu com Maria, inseparavelmente mulher da Palavra e do Silêncio”.
O tema do silêncio, ressaltou Bento XVI, é também fundamental para a Liturgia: “para facilitar uma escuta autêntica”, as missas devem estar “cheias de momentos de silêncio e de acolhida não verbal”. E, nesse sentido, citou Santo Agostinho que dizia: “Quando o verbo de Deus cresce, as palavras humanas têm menos importância”.

O recolhimento não é nada fácil em nosso tempo, tanto é assim que já existem os telefones celulares de grande utilidade, mas de uso proibido nos aviões. Graças a Deus, ainda não temos registro de nenhum acidente aéreo por causa deles, mas nas Igrejas eles já derrubaram muitas ligações com Deus... “A palavra é de prata, mas o silêncio é de ouro”, disse Maeterlinck. Fiquemos com o silêncio porque “Nossa senhora não quer que a gente fale na Igreja”! A boa Igreja é aquela em que o silêncio se faz ouvir. E queremos ouvir a Deus.

Horário de Missas - Paróquia e comunidades

 Confira os nossos horários de missas e venha participar conosco!

Editorial - Jornal de Maio


Vem aí o mês de maio!
Pe Cristovão - Missionário Redentorista


Amados irmãos e irmãs, paroquianos, visitantes, leitores e leitoras do nosso jornal “O Ressuscitado”, com muita alegria temos em mãos o novo número desse nosso jornal paroquial. É uma vitória ter um jornal que informa sobre nossa vida paroquial para que todos possam participar da nossa caminhada e conhecer ainda mais a Paróquia da Ressurreição do Senhor, assistida pelos Missionários Redentoristas.
O mês de maio é dedicado a Nossa Senhora. Ela é “A mulher de Fé” que livremente buscou fazer a vontade de Deus e, assim, colaborou com que o Filho de Deus experimentasse a fragilidade humana. Como mulher de fé, Maria se fez discípula de Jesus, convivendo, aprendendo e seguindo seu Filho. Maria é um presente de Deus para todos nós. O mês de maio é outro momento oportuno para dirigirmos palavras de amor e de gratidão a nossas mães, que nos carregaram durante nove meses no seu ventre, nos ensinaram a amar e a respeitar os outros, estando sempre perto de nós. Obrigado minha mãe!
O momento importante que vamos celebrar no dia 13 de maio na nossa Paróquia é a festa do Cristo Ressuscitado. É a festa de toda a Paróquia e momento de manifestarmos nossa fé e nosso amor ao Cristo que venceu a morte. “O túmulo está vazio, ele Ressuscitou”. Naquele túmulo vazio foram sepultados todos os pecados e misérias humanas. Nada ficou sem ser resgatado. Vamos juntos, como uma comunidade cristã, como uma comunidade paroquial, celebrar essa festa que é de todos nós. Venha participar deste momento de fé e deixar que a luz da Ressurreição do Senhor ilumine tua vida, tua família, tua casa, teu trabalho, tua caminhada espiritual. Um abraço fraterno a todos!