"Deus ande em tua frente para te conduzir, atrás de ti para te proteger e ao teu lado para te acompanhar!"


Você é o visitante de nº

Paróquia Ressurreição do Senhor

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

16 de Agosto - Dia de São Roque

Roque nasceu na cidade de Montpellier, França,em 1295. Apesar de ter nascido numa família rica,após seus pais falecerem, passou a viver como peregrino andante, percorrendo toda França com destino a Roma. Mas antes disso Roque deparou com regiões infestadas pela chamada peste negra, que devastou quase todas as populações da Europa no final do século XIII e início do XIV. Roque então se dedicou a cuidar dessas pessoas, pois enxergava nessas pobres criaturas o verdadeiro rosto de Cristo.Iluminado pelo Santo Espírito, em pouco tempo adquiriu o dom da cura, fazendo inúmeros prodígios. Mas de tanto cuidar dos doentes, descuidou-se de si próprio. 

Certo dia, percebeu uma ferida na perna e viu que fora contaminado pela peste. Assim, decidiu refugiar-se, sozinho, em um bosque, onde foi amparado por Deus. Ali, ele foi encontrado por um cão, que passou a levar-lhe algum alimento todos os dias, até que seu dono, curioso, um dia o seguiu. Comovido, constatou que era seu cão que socorria o pobre doente. O homem, que não reconheceu em Roque o peregrino milagreiro, a partir daquele momento, cuidou da sua recuperação. 

Restabelecido, voltou para Montpellier, que, na ocasião, estava em guerra. Confundido como espião, foi preso e levado para o cárcere, onde sofreu calado durante cinco anos. No cárcere, continuou praticando a caridade e pregando a palavra de Cristo, convertendo muitos prisioneiros e aliviando suas aflições, até morrer

São Roque 
Diz a tradição que, quando o carcereiro, manco de nascença, tocou com o pé o seu corpo, para constatar 16 de agosto de 1327, na prisão de seu país de origem. 
se realmente estava morto, ficou imediatamente curado e começou a andar normalmente. Esse teria sido o primeiro milagre de Roque, após seu falecimento, ocorrido em

O seu culto foi reconhecido em 1584 pelo papa Gregório XIII, que manteve a sua festa no dia de sua morte. Hoje, as relíquias de são Roque são veneradas na belíssima basílica dedicada a ele em Veneza, Itália, sendo considerado o santo Protetor contra as Pestes e protetor dos cães.

Nenhum comentário:

Postar um comentário