"Deus ande em tua frente para te conduzir, atrás de ti para te proteger e ao teu lado para te acompanhar!"


Você é o visitante de nº

Paróquia Ressurreição do Senhor

segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Eu sou padre, sou feliz!

A felicidade de uma pessoa consiste numa série de fatores que dependem em parte da própria pessoa e, também, de fatores outros que incluem o “fazer o que ama e amar o que faz”. Certamente, a felicidade não é algo que se encontra em qualquer esquina e nem é algo que alguém possa “fazer” em seu lugar! Muitos de nós dizemos: “Faça o que eu faço e serás feliz”! “Junte-se a nós e serás feliz”! “Olhe como sou feliz”! Com o tempo e a experiência, descobrimos que essas pessoas que assim pensam e agem, confundem a felicidade com “momentos de êxtase”.
A felicidade que busco e procuro não a concebo como entusiasmo, êxtase, ou algo momentâneo e passageiro. Ao contrário, imagino a felicidade como uma chave pessoal, onde cada qual deve encontrar a sua, individual e irrepetível.
Após cinco anos da minha Ordenação Sacerdotal, gostaria de oferecer a cada pessoa que sofre essa chave, entretanto só posso apontar caminhos! Acredito não existir receita pronta para a felicidade, nem vida só de alegrias, sem dores e sofrimentos. Mas o fato de existir cruzes não significa que o caminho seja triste. Fiz uma escolha livre, madura, e através desta, encontro realização até mesmo em meio às desventuras e desilusões. Considero-me feliz!

Pe. Aloísio Mota, CSsR.

Nenhum comentário:

Postar um comentário